Avançar para o conteúdo principal

O Optimismo e o Cérebro

 
Hoje é dia de agradecer aos  lobos frontais do meu cérebro, muito activos quando recebem uma informação positiva mas, quando ela é negativa diminuem a sua actividade, tornam-se preguiçosos.
A preguiça transforma-me numa pessoa optimista. O meu cérebro selecciona o que quer e não ouvir, o que o leva a não capturar informação que me possa prejudicar, a distrair-se quando esta não me interessa ou, ainda, a esquecer factos que me possam deprimir.
Tali Sharot, coordenador do estudo, chegou a esta conclusão após ter feito ressonâncias magnéticas funcionais a catorze pessoas, enquanto lhes falava de eventos positivos e negativos.
A nossa saúde depende do nosso optimismo. Há pessoas tão pessimistas, tão pessimistas que correm atrás da doença. Uma dor é suficiente para começar o drama. Uma simples cefaleia pode agigantar-se e transformar-se nos tentáculos de um cancro.
O pessimismo deprime, atrai o mal, cega, adoece, imobiliza-nos e entristece-nos.
Saber a verdade, estar informado,  ajuda-nos a conquistar, a  superar períodos menos bons, a alterar, a corrigir ou a transformar a realidade. O conhecimento é sempre uma mais valia. No entanto, nunca devemos esquecer que os milagres acontecem e é a nossa força interior, a nossa fé, que age nessa altura.
Na nossa existência não podemos perder a esperança porque, se a perdermos morreremos, lentamente, tão lentamente que as dores tornar-se-ão insuportáveis. Esperança, fé e optimismo estão ligados à vontade de viver, ao nível de felicidade que um ser humano pode ter. Quanto mais alto ele for mais fácil será a vida, mais fácil será demolir ou saltar obstáculos.
Nada é irrealizável na vida, basta querer. Querer é poder, querer é crer, querer é alcançar, querer é conquistar. Tudo o que não conseguimos não queremos. Não vale a pena enganarmo-nos.
A mudança fomenta o medo e o crer destrói-o. 
Brown Eyes

Comentários

art.soul disse…
tb li ontem este artigo. considero-me uma pessoa optimista e li com particular atenção:)

mas quanto à mudança, apesar de entender que gera medo em muitos casos, vejo-a mais como catalizadora, "muda que quando a gente muda o mundo anda prá frente. e quando a gente manda ninguém manda na gente" já diz o meu Gabriel... O Pensador;)
Paulo disse…
Tens de me dizer qual é o teu segredo... é que cada vez mais o meu conhecimento (e o meu cérebro) só serve para eu ficar ainda mais pessimista e sem perspectiva nenhuma de futuro...
Brown Eyes disse…
art há sempre uma explicação para tudo: Porque seria que uns são tão optimistas e outros tão pessimistas? Está aí a explicação. Costumo dizer que nunca se deve perder a esperança porque há sempre uma solução e é assim que eu vejo a vida. Hoje tudo é péssimo mas acontece sempre algo que gera uma mudança. Apesar de eu viver dentro da realidade há dentro de mim uma voz que me diz: Mary não te esqueças que os milagres existem. Existem mesmo e somos nós que os fazemos quando a vida nos encosta à parede. A minha vida não tem sido fácil mas tenho conseguido dar sempre a volta por cima. Arranjo sempre maneira de mudar a minha vida e a mim também de maneira a resolver o problema que surge. Eu acredito nas mudanças, acredito que elas são favoráveis por isso não temo nunca quando falam nelas. Elas obrigam-nos a mexer, a perder a preguiça. Também goto do pensador, diz muitas verdades.
Beijinhos
Fê-blue bird disse…
"A mudança fomenta o medo e o crer destrói-o."

Estou por experiência própria 100% de acordo com tudo o que escreveste.
Já passei por períodos de completo pessimismo, as dores tornaram-se insuportáveis, até a vida assim o era.
Cheguei ao fundo do poço e tive que dizer: Basta!
Mudei radicalmente a maneira de ver o mundo, afastei-me das pessoas negativas (o que não é fácil)e passei a apreciar e a conviver só com quem me dá prazer.
Claro que ainda tenho dias :)mas CREIO que está ao meu alcance ser mais feliz.
Estar aqui por exemplo faz parte desse percurso positivo.

beijinhos minha amiga
Brown Eyes disse…
Paulo o segredo está mesmo no meu cérebro. Eu vou tentando transmitir por aqui como conseguir dar a volta, há pequenos truques e o principal é nunca desanimar e nunca inserir dentro de nós as informações negativas, utilizá-las apenas para nos ajudarem a superar um possível problema, como conhecimento e nunca viver pensando nelas. Paulo nasceu comigo viver sempre como se fosse o último dia e se assim é para que dar importância a coisas negativas? Não é? Eu consigo esquecer detalhes que me fariam sofrer, esqueço mesmo. Esqueço também gente nula. Será que aprendi a viver feliz? Aprendi, também aprendi. Às vezes nascemos num ambiente negativo e temos que aprender a procurar a felicidade e eu sempre o fiz. Agora, por exemplo, com esta crise, já encontrei maneira de ocupar o meu cérebro, inseri-me num meio onde nem a TV me faz falta, onde me sinto bem. Sempre que preciso mudo tudo, acabo com tudo que me prejudica e adapto-me lindamente porque é isso que quero. O que dei importância há uns anos hoje não tem nenhuma para mim, hoje só quero viver os meus dias em paz, de preferência na natureza, onde passo muitos dias, dar umas voltinhas com os cavalinhos, necessitar o menos possível da sociedade, ser auto-suficiente. Nunca fui consumidora e agora conclui que a minha liberdade total está aí, quanto menos consumir mais livre serei e mais optimista. Afinal se te inserires o menos possível numa sociedade destruída menos afectado ficarás, não? As pessoas devem libertar-se, conseguirem sozinhas o seu próprio caminho sem estarem a contar com ninguém. Foi o que sempre fiz. Acreditas que eu quando me deito durmo em menos de 2 minutos? Aqui não há pesadelos, nem pensamentos negativos. O dinheiro é a coisa menos importante na nossa vida, o mais importante é encontrarmos o nosso caminho. Eu sempre o encontrei, errei, cai mas no dia seguinte estava levantada. Há solução para tudo e com calma encontramo-la se formos optimistas, se deixarmos o nosso eu falar.
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Fè disseste algo muito importante para conseguirmos vencer: Afastarmo-nos das pessoas negativas. Tive muitas na minha vida e enquanto deixei que elas me rodeassem não tive paz. Nunca gostei de magoar ninguém, mesmo que me magoassem e adiei de mais decisões importantes, deixando que esse tipo de gente martirizasse o meu dia a dia. Tinha demasiada pena de quem não devia, hoje ninguém é mais importante que a minha paz e se alguém a perturba é porque não gosta de mim e se assim é porquê continuar a adiar uma decisão?
Fê nós somos capazes de mudar muitas vezes na vida o que é preciso é que nunca percamos a esperança, que sejamos optimistas. Afinal o que hoje é amanhã pode deixar de ser e isto é assim para o que é positivo e para o que é negativo.
Gente como tu mostra-nos que podemos tudo quando queremos. És o exemplo do que disse no post. Tu serás muito feliz, tens aquela força interior que precisamos para vencer todos os obstáculos e um coração de ouro.
Beijinhos
Eva Gonçalves disse…
Vejo tantas pessoas à minha volta que não percebem a essência do que aqui escreveste... e com a qual concordo plenamente. Considero-me uma privilegiada por ter noção desta verdade tão difundida por ex com "o segredo" e tão mal compreendida... os Psicólogos há mjuito ensinam técnicas de restruturação cognitiva sabendo do seu impacto a nível físico e emocional. todos temos experi~encias de como um simples pensamento nos corroi, altera as funções vitais, acelera o metabolismo e desencadeia uma série de sensações físicas e emoções... aprender que se mudarmos as cognições, as percepções, a perspectiva sobre as coisas, mudamos tudo... e depois há a questão da física quântica e frequência da energia ser diferente para pensamentos positivos ou negativos...e repara ao nosso redor, é só energia que nos afecta... às vezes eu acho que temos um gene para o negativismo... também eu me afstei de muitas pessoas que me faziam mal, por serem negativas, terem um discurso destrutivo, etc... porque na realidade, temos esse direito de escolher a energia que nos rodeia... ui, esta conversa dava para toda a noite, :) fico por aqui. às vezes sabia-me bem uma boa turtúlia, coisa que já não sei o que é há muitos anos :)beijinhos
Brown Eyes disse…
Eva agora compreendes a falta que me fizeste quando estiveste ausente? Adoro ler os teus comentários porque completam sempre as minhas ideias. As minhas conclusões são tiradas pela observação e pela experiência, teoria tenho muito pouca. Adoro psicologia mas, infelizmente, pouco estudei dela. Sempre que conheço alguém que se mete em psiquiatras aconselho imediatamente que o melhor seria falar com um psicólogo. A resposta para todos os males está dentro de nós e muitas vezes não sabemos encontra-la. Medicar não é solução, destrói mais a pessoa porque perde a força e a vontade que devia ter bem viva mas, pouca gente me ouve. Acham que os medicamentos que lhes dão para andarem a dormir, de dia e de noite, são solução. Não são. A solução está em enfrentar a realidade e procurar dar a volta por cima. Foi assim que consegui sempre levantar-me e olha que houve alturas que estive bem ferida. Hoje só queria conseguir que quem está mal me ouça e se cure, dê a volta por cima. Tudo é fácil basta querermos. Podemos começar quantas vezes quisermos e de cada vez sairemos mais renovados, com mais conhecimento e mais capazes. Errar é humano, permanecer no erro é que é estupidez. Falar connosco próprios é tão produtivo! Hoje é difícil alguém conseguir deprimir-me, vacinei-me. Com esta crise imaginas as noticias, as previsões negativas que circulam nas instituições publicas? Fecha, não fecha, vamos para a rua, Blá, Blá. Achas que me afectam? Nada. Entram por um ouvido saem pelo outro. Afinal eu sei fazer tanta coisa, temer o que não aconteceu e se acontecer será bom de certeza. dar-me-á aquele abanão que todos precisamos para começar uma nova vida. Sim porque muitas vezes precisamos de abanões para mudar. Não perco o sono, nunca. Sabes que isso incomoda muita gente? Incomoda, queriam era ver-te de rastos. Não conseguem. Estou sempre pronta para o que vier e resolverei os problemas na altura, não vou é estar a inventar problemas, é o que se faz quando se começa a pensar no que ainda não aconteceu. Adoro ler-te.
Beijinhos
Uf soube bem ler este seu texto...
eu ando pelo meio...mas presentemente faço sempre um grande
esforço para deletar as coisas
negativas...Realmente um sorriso
ajuda muito.
Beijinho amiga(não sei como se insere essas imagens com vida, como
tem neste seu post nem onde as ir
buscar) mas está óptimo.Parabéns.
Beijinho amiga e que bom este Outono...não é? Ao menos isso...
em Portugal!!!
Vivian disse…
Olá,Brown!!

Acredito muito nisso!Sou uma pessoa otimista, mas meu filho(de 10 anos) é muito pessimista!!Tenho conversado muito com ele, e espero que com o tempo mude...
esta pesquisa comprova o que já percebemos na prática!
beijos pra ti!!!
Tudo de bom!!
Brown Eyes disse…
Vivian se é como dizem melhorará mas nunca perderá o pessimismo. Ser ou não optimista parece ter a ver com o funcionamento dos lobos frontais. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Irene um sorriso sempre nos lábios ajuda imenso. Há que fazer uma retrospectiva da vida e veremos que houve altos e baixos por isso que ganhamos em ser pessimistas? Nada, perdemos apenas saúde. Beijinhos
Petra disse…
é por textos como este, que gosto tanto de vir aqui. beijinhos querida.
Confesso que nos últimos tempos me deixei invadir pelo pessimismo mas, ao contrário da minha amiga, o pessimismo aguça-me a criatividade e torna-me mais sensível ao mundo que me rodeia.
Não sei se o Frederico que hoje está de visita ao CR será pessimista, mas vou-lhe perguntar...
Bom fim de semana amiga, apesar
do que o Governo nos lixou.Bj.
Sena do Aragão disse…
Ficamos triste se já não contamos com o estímulo do cérebro ativando o sistema de recompensa, que gera otimismo. Então fica no lugar o vazio. E este é preenchido quando acreditamos em algo. Quando sonhamos. Quando buscamos coisas novas e tapamos esse buraco. Então nos levantamos e podemos tudo.

Beijinhos
Johnny disse…
Temos de ser pessimistas quando o destino é sempre a morte :)

Acho que devemos ser pessimistas relativamente ao futuro, para que possamos ser optimistas no presente... para termos a noção de fazer o melhor para que o mau não venha.
*** Cris *** disse…
Ei! Interesante seu texto, muito bom!
Mas hoje gostaria de dizer que seus olhos são lindos!
difusosreflexos disse…
Gostei imenso.

O cérebro dirige-nos ou digere-nos!
Quem não vence o medo não avança, no entanto e apesar dos meus neurónios mo dizerem claramente, tenho incertezas, medos, e sofro até por antecedência.
Geneticamente sou assim, embora empiricamente e não só tenha aprendido o quanto tudo isto é negativo e desnecessário.
Acredito sinceramente que éramos mais felizes longe de todo este (des)necessário conhecimento, que nos entra porta dentro a todo o momento, que nos asfixia e nos escurece o dia.

O querer é poder, logicamente que concordo, mas não podemos querer a lua e as estrelas e .......

Não sou pessoa de fé, acredito na vida imortal pela semente deixada, seja de que forma for, pela vida que demos a um filho ou deixada na terra como adubo.

Acredito que há vida em todos os seres vivos e que somos todos parte do mesmo universo, quantas vezes irracional.

Sei que estou a desviar-me da rota, mas foi fluindo e nem sei como, falei tanto de mim ... oops!

Beijinho
Mz disse…
O meu conhecimento científico sobre os lobos frontais deixam muito a desejar. A minha sabedoria, acenta apenas nos aspectos práticos da vida e essa tem-se mostrado de várias formas, e com alguma variedade de humor. Umas vezes mais pessimista, ourtas mais optimista...atenta às mudanças sem entrar em pânico para não perder a razão. E como todo o ser humano tem os seus momentos de puro "fare niente" a preguiça também é bem vinda sem conflitos interiores.É assim!

Parabéns pelo post e pela variedade de temas que nos fazem reflectir.
Bjs
Vivian disse…
Olá,Brown!!

Vim deixar meu beijo!!!
Tudo de bom pra ti!
Brown Eyes disse…
Petra espero que sirvam para convencer as pessoas que não vale a pena ser-se péssimista. O amanhã traz mesmo surpresas "boas".
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Carlos então o pessimismo para ti funciona ao contrário? Se assim é! Comigo é o café que funciona ao contrário, dá-me sono. Deixei de beber antes das minhas longas viagens.
Pergunta e diz alguma coisa.
Beijinhos
Obrigada
Brown Eyes disse…
Irene eu ainda espero que voltem atrás. A esperança em mim é mesmo a última a morrer.
Beijinhos e obrigada
Brown Eyes disse…
Sena é mesmo como dizes e as nossas crenças, os nossos sonhos vão mudando com a idade. Os meus mudaram, hoje nada é mais importante que a vida e ser feliz. Antes dava demasiada ao trabalho e esquecia-me de mim. Mudamos porque raciocinamos e porque o ambiente que nos rodeia nos faz mudar. As recompensas que temos ao longo da vida muito nos ensinam.
Beijinhos Sena
Brown Eyes disse…
Johnny Olá!
Nós sabemos que o nosso destino é a morte mas podemos chegar lá levando uma vida feliz ou infeliz, a diferença está aí e ainda que a nossa maneira de encarar o futuro contribui muito para termos ou não saúde. Conheço gente que vive debruçado sobre as doenças e claro anda sempre doente e a tomar montes de medicamentos. Essa gente não pode ter um bom futuro.
Fazermos o melhor, dizes tu, quntas vezes achamos que estamos a fazer o melhor e não estamos? O melhor que tens a fazer é assumir tudo o que fazes e tirar de lá ensinamentos para que no futuro não repitas a asneira. Mesmo que erres, todos erramos, podemos sempre emendar. Como dizem só não há solução para a morte. Exigir demais de nós nunca deu bons resultados. Temos que assumir que somos humanos, erramos mas podemos emendar os erros. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Cris os olhos são aqueles que nos mostram o que vai no coração. Adoro olhar para os olhos das pessoas e detesto aquelas que os baixam quando olham para nós. Mau sinal, significa que têm a noção que há algo dentro delas que têm que esconder. Beijinhos
Brown Eyes disse…
difusosreflexos quem não tem medos? Todos temos, há que aprender a vence-los e o passado ensina-nos como conseguir destruí-los. Éramos mais felizes sem todo este conhecimento, éramos se vivêssemos há uns anos atrás se não tivéssemos que conviver constantemente com outras pessoas. Como vivemos agora e somos obrigados a conviver é bom que a nossa acção esteja assente no conhecimento, para nos defendermos. Imagina alguém inocente vivendo neste mundo, saltariam sobre ele até lhe tirarem tudo e o desfazerem.O conhecimento ajuda-nos a defendermo-nos. A fê de que falo não é a que a religião fala. Ter fê em nós, acreditar em nós faz milagres, consegue o impossível. Há muita gente que não acredita nela própria, isso é péssimo. Beijinhos e obrigada
Brown Eyes disse…
MZ não perder a razão é essencial e ter preguiça também, A preguiça ajuda a restaurar energias. Presentemente não tenho tido tempo para a ter mas adoro deitar-me no sofá e descansar.
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Vivian obrigada. Beijinho para ti também.
✿ chica disse…
Precisamos do otimismo senão nos entregamos... Estou com problemas de doença na família e tenho que estar passando ânimo o tempo todo... beijos,chica
Brown Eyes disse…
Chica na doença estar animada e optimista acredita que resolve muitos problemas de saúde.
Espero que o teu familiar melhore. Beijinhos
*** Cris *** disse…
Ei! Obrigada pelo carinho lá no meu blog.
Bjs moça dos olhos cor de mel!
Bom fim de semana com um sorriso
nos lábios.Bj
disse…
Brown Eyes,
Que maravilha de optimismo! E não é que eu estou de acordo. Vamos lá deixar o medo e crer que é possível ultrapassar as dificuldades.
Beijinhos
Caldeira
disse…
Brown Eyes,
Que maravilha de optimismo! E não é que eu estou de acordo. Vamos lá deixar o medo e crer que é possível ultrapassar as dificuldades.
Beijinhos
Caldeira
difusosreflexos disse…
Amiga Brown Eyes!

Já percebi que há imensas afinidades entre nós.
Gosto de gente como tu.

Bom fim de semana.
Beijinho
Ana Sofia
Helga disse…
Este texto é tudo o que precisava 'ouvir' neste momento. Sempre fui uma pessoa optimista e positiva, mas ultimamente as adversidades têm sido tantas, que às vezes o meu optimismo não chega para as ultrapassar. Muito obrigada por estas palavras. Deixaste-me com um sorriso no rosto!

Um beijinho grande :)
Brown Eyes disse…
Cris foi um prazer para mim. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Irene beijinho para ti
Brown Eyes disse…
Zé o meu não nos deixa agir e permite que nos vençam, não é? Beijinhos
Brown Eyes disse…
difusosreflexos há muitas afinidades mesmo. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Helga ter-te criado um sorriso já valeu a pena abordar este tema. Este meu optimismo tem destruído muitas barreiras. Há alturas que parece que elas se combinam para aparecerem todas juntas, há que destruí-las e só mesmo alguém optimista o consegue. Beijinhos
Amiga será que a maioria dos portugueses "já quer ver a realidade"?Ainda tenho dúvidas,
porque ouvindo vários Foruns ainda
há muita gente a defender os
governantes...Parece que uma grande
parte do povo não quer ler, saber,
interrogar-se.Enfim, não é por isso
que desistimos de afirmar as nossas
ideias.Beijinho
Irene
Brown Eyes disse…
Defende porque servem-se deles para viver, não será? Há por aí muitos oportunistas que até se estão a dar bem mas, continuaremos nós a lutar pelo que pensamos correcto. Beijinhos Irene
Quem andou nas Novas oportunidades, quem recebe subsídios pode defender, não é?
João disse…
Subscrevo, Mary.
"Tudo o que não conseguimos não queremos. Não vale a pena enganarmo-nos."
E com isto, dizes tudo!
Brown Eyes disse…
João ando ultimamente com um problema desses na mente. Não consigo resolve-lo porque o assunto deixou de me interessar. Pior mesmo é que é algo essencial para a minha sobrevivência: o trabalho. Recebi hoje o recibo do ordenado e estou farta de ser assaltada mas, que fazer? Deixar que eles me vençam? Afinal o que eles querem é que eu me vá embora, nada acontece por acaso. Lutei tanto para quê? Para que me destruíssem tudo em dois tempos. É um autêntico sacrifício que faço diariamente. Não era isto que eu queria, não foi para isto que eu batalhei e trabalhei. Esta é difícil de resolver e quando descobrimos que hoje em dia o trabalho serve apenas para nos escravizar, não para termos uma vida folgada. Não se incentivam os trabalhadores, pelo contrário. Trabalhares por conta própria? Em quê? Ninguém tem dinheiro para nada, o comércio está todo a fechar, todo. Há ruas aqui que parecem um cemitério, porta sim, porta sim fechada. Passas e não vês ninguém, mesmo nas que ainda estão abertas. O que ganhamos não chega para pagar impostos. Essa é a verdade. Como ganhar dinheiro? Só mesmo em negócios escuros mas quem não nasceu para tal...
Beijinhos
Penso que o pessimismo é uma ferramenta muito primitiva, grande aliada do medo, serve para a grande maioria dos seres humanos não avançarem para o desconhecido, aumentando as suas hipóteses de sobrevivência. Tristes, doentes mas vivos.
O seu oposto, o optimismo é uma ferramenta se sucesso para uma pequena minoria.
(Uma teoria minha daquelas...)
Brown Eyes disse…
Enjoy the global warming uma óptima teoria.
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…

Carnaval de Vermes