Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

Carência de Sentimentos

A Voz do Slêncio

O fim do silêncio, publicado em 11 de Novembro de 2010, onde perguntava, em relação à retirada de órgãos de um dador quando ele ainda tem o coração a bater, como pode alguém, extrínseco a nós, medir a nossa força de vida? Sim porque acredito que os milagres estão ligados à vontade que temos de viver. Além da doação de órgãos abordava também outro tema que me preocupa, o coma, o chamado estado vegetativo em que alguns entram e que levam os médicos a declara-los mortos. Referia, então, alguns casos destes em que, passados anos, os doentes recuperavam. Todos os que não conhecem o texto leiam-no para perceberem melhor o que aqui fica dito. Hoje o “Jornal Público” publicou uma notícia que ajudará, com certeza, a dar voz a este silêncio e a fazer-nos reflectir se, algum dia, o destino nos impuser uma decisão.  Scott Routley apresentava características de um doente em estado vegetativo, depois de um acidente, há doze anos mas, conseguiu comunicar, através de exames de ressonância magnética …