Avançar para o conteúdo principal

A percentagem da consciência


Esta semana tenho andado revoltada, indignada, irritada, enraivecida, enfurecida. Ando completamente possessa. Culpado: Vítor Constâncio, governador do Banco de Portugal, que aufere anualmente 250 mil euros, trinta e nove vezes vírgula seis o que aufere uma pessoa que ganha o ordenado mínimo nacional, índice um, seis mil e trezentos euros anuais, contando com subsidio de ferias e natal, e, duas virgula oito vezes o que aufere alguém com o índice cento e quinze, da função pública, oitenta e oito novecentos e nove vírgula doze cêntimos, sendo, este senhor, o terceiro mais bem pago do mundo.
Este senhor diz que a função pública não pode ser aumentada mais do que um por cento, fazendo as contas vamos ter:
Índice 1 - 450,00 euros x 1% = 454,50 euros/mês
Índice 115- 6350,68 euros x 1% = 6414,18 euros /mês
Vítor Constâncio - 17857,14 euros x 1% = 18035,71 euros/mês
O problema da percentagem é este: Quem ganha uma miséria tem, uma miséria de aumento, quem ganha uma fortuna tem, uma fortuna de aumento.
Sr. VC aconselhe o Governo, tendo em conta a crise que atravessamos:
Acabar com os índices superiores ao setenta: 4033,54 euros/mês.
Que trabalho, pode alguém prestar para merecer mais nove vezes o salário mínimo, ou, tendo em conta o último índice, 115, catorze vezes mais que o salário mínimo nacional?
Sr. VC aconselhe a descida do seu salário. O Sr., está convicto, apelo aqui para o seu bom senso, que merece mais 39, 6 do que alguém que ganha o ordenado mínimo? Sua mais, tem mais responsabilidades, é mais perspicaz, os seus deveres e obrigações como funcionário são superiores aos deles? 39, 6 vezes?
Não precisamos de lembrar o que aconteceu com três bancos nacionais, pois não? Quanto Portugal perdeu consigo? Onde estaria o Sr. quando tudo isso se deu? No Dubai ? Imagine um funcionário público qualquer, um que aufere o ordenado mínimo, agir como o Sr. ,onde estaria? Na rua. Debaixo de uma ponte. Não seria? E onde está o Sr.? Onde estava.
Sr. VC um pouquinho de vergonha ficava-lhe bem. Sabe que lhe digo? Se eu tivesse exercido o meu cargo como o Sr, o fez , tinha-me despedido, depois, fazia um buraco e enterrava-me, isto ganhando o que eu ganho, ganhando o que o Sr. ganha tinha-me morto em plena praça pública para, exemplificar, o que merecem os incompetentes.
Sr. VC está a ver a diferença abismal que existe entre nós os dois? Vergonha é o que lhe falta, à primeira vista mas, não vou mencionar as suas outras carências senão….passava aqui a noite. Dinheiro é a única coisa que abunda em si. Compreendeu a mensagem? Espero que sim e por favor desapareça, esqueça palavras como competitividade, défice, orçamento, receita, despesa, impostos,….O Sr. realmente sabe o que diz? Quem é o Sr. para recomendar seja o que for? Sabe o que significa o zero à esquerda de um número? Sabe? É esse o seu valor. Agora compare o seu valor com o seu ordenado.
O Sr., diga-me ao ouvido, acha que alguém ainda crê em si?
Pois, claro que não.
O dinheiro obriga a cada figura! Bem 250000,00 euros sempre são 250000,00 euros! Que jeito fazia esse dinheiro ao pessoal que anda aí a passar fome! Não era? E fartos de trabalhar. Já viu, a trabalharem todos os meses e a passarem fome? Seu hipócrita. Que tal viver o Sr. com esses 450.00 euros, o ordenado mínimo nacional? Sabia que os vencimentos dos  funcionários públicos, aqueles que trabalham no duro, é baixo? Depois temos os eleitos, eleitos pelos...O Sr. sabe por quem. Esses são os tais que têm vencimentos superiores ao índice setenta. Conseguia? Se calhar não davam nem para pagar a luz que o Sr. gasta!
Consciência, noção do ridículo e escrúpulos é mesmo apanágio de pobres e trabalhadores. O Sr. não sabe o significado destas palavras. Já imaginou vir um vendaval e levar-lhe tudo? E o Sr. cair a pique? Chegar ao solo esmagado? É no solo que se dá valor à vida e ao ser humano. Que faria?
Brown Eyes

Comentários

Olhos Dourados disse…
Pronto, agora fiquei desmotivada, só de comprar o meu salário com o dele...
Brown Eyes disse…
Olhos Dourados esse é um dos grandes problemas deste país: desmotivação. Eles, governantes e afins, conseguiram e querem desmotivar o pessoal. Como pode alguém andar motivado sabendo o vencimento destes fulanos e sabendo que o que recebem, pagamento de um mês de trabalho, não dá para pagarem as contas ao fim do mês. Alguém desmotivado é alguém anulado. Não dizem que temos todos os mesmos direitos? Imagina os problemas de saúde e sociais que advêm daí: imensos. Imensos e que se vão repercutir no futuro do país. A violência é um deles.
Beijinhos e obrigada.
Mulher a 1000/h disse…
Bom... isto vai práki uma azia... mas assim a destilar pode ser que te livres dela! ;) - A propósito, ainda ontem falava com a minha cara metade acerca destas e de outras questões! É que, por exemplo, eu, como professora decidi deixar de exercer, em prol do meu bem-estar e do bem-estar da minha família, porque aquilo que fazem a esta classe é uma vergonha... todos os meses era uma incógnita, e eu dei aulas no Universitário, nas escolas nem pensar! De qualquer das formas fazia mais mil e uma tarefas para ter um ordenado de jeito... e andei 6 anos, 6 anos, quase 7 a trabalhara a recibos verdes, com toda a merda, que isso implica, e 6 desses anos, quase em full-time no mesmo local! Mas é um mundo cão! Actualmente trabalho como administrativa, depois de 5 anos de licenciatura, 3 bolsas de estudo na Alemanha, Holanda e Bélgica e 2 Pós-Graduações... se podia fazer outra coisa?! Podia, mas não tinha tanto tempo para a minha filha, que neste momento é prioridade máxima... sabes porquê?! Porque o velho cliché de que o dinheiro não compra tudo é bem verdade! E há valores que são impagáveis: educar um filho, ter tempo para ele, estimar a família... enfim! Por vezes, ainda bate a frustração de ter estudado tantos anos e agora passar as horas a ser tratada como "Menina", mas eu sei o meu valor e sei que um dia, o destino me vai trazer algo grandioso! Quanto mais não seja, uma morte sossegada no seio de uma família feliz... isso já me contentava, porque sabes querida, por muito que esses ordenados nos revoltem, no caixão e na hora da morte, eles não valem pevíde! ;)BJ
Brown Eyes disse…
Sílvia não imaginas o que eu te compreendo e como estou de acordo contigo em relação às opções que fizeste. Não sei se já te disse mas eu também sou licenciada e continuo como administrativa e vou continuar porque, tal como tu, concluí que o que me interessa nesta vida é viver. Para viver nós temos que ter liberdade e essa liberdade não se vende por dinheiro nenhum. Este meu post é uma revolta provocada pelas grandes discrepâncias que há neste país. O meu ordenado não se pode chamar baixo, já tenho vinte e tal anos de serviço, mas dói-me só imaginar uma família a viver de 450,00 euros. Se eu que não tenho encargos tenho que andar a fazer contas e a privar-me de muita coisa, ganho mais que o dobro, como pode uma família viver com o ordenado mínimo? Mesmo tendo dois empregos, como tu bem referiste prejudicial para a família, continuam a viver na miséria. Pessoas com qualidades, trabalhadoras, que se esforçam. Esse VC que, já demonstrou o que vale, ganha 39,6 vezes esse trabalhador. Será difícil acabar com esta crise? Será difícil dar um ordenado digno a esta gente? Basta acabar com estes ordenados chorudos e aumentar o ordenado mínimo nacional. Eu, sinceramente, não consigo pensar em capacidades, nem físicas, nem mentais, que valham um ordenado daqueles: 250000,00/ano? Imagina! O ordenado mínimo devia estar situado nos 1600,00 euros, tudo que for abaixo disto é indigno. Quem trabalha merece ter uma vida digna e não pode andar a mendigar. Mas quem fará estas alterações radicais? Ninguém porque têm medo dos senhores. Quem paga a crise? Sempre os mesmos os trabalhadores. Diz-me que pode alguém fazer com 4,50 de aumento? Parece incrível né? Querem pôr os trabalhadores loucos? Só pode. Portugal não pode acarretar com aumentos? Portugal não pode é acarretar com incompetentes pagos a preço de ouro e despesas públicas desnecessárias, como viagens, almoços, despesas de representação e blá, blá. Esta é a minha indignação que sinto como Portuguesa e, como pessoa solidária que sou. Conheço muita gente desta, a ganhar o ordenado mínimo, que trabalham de sol a sol e coitados ainda estão agradecidos por o terem (trabalho). Dói-me que tratem as pessoas assim e lhes ponham de tal maneira os pés em cima que os levem ainda a levantar as mãos para o céu a agradecer. Gozam com a humildade humana. Enfim Sílvia bem queria mudar isto mas...infelizmente as injustiças continuarão.
Beijinhos e obrigadinha pelas tuas opiniões, sempre tão exemplificativas.
A realdiade é que há muitas mais pessoas do que se imagina a viver com essas realidades de 450€ ou menos por mês, e eles continuam nas suas vidas ostenciosas e depois vêm pedir aos contribuintes que "apertem o cinto"... e eles? Quando apertam eles o cinto? nunca... beijocas
Gingerbread Girl disse…
Um clap clap clpa à Mulher a 1000/h. ;) Muito inspirador...

A besta do VC, continua lá, como se nada a fosse, até que seja despedido, porque acho o despedimento inevitável. Ou não... às vezes até me esqueço em que país vivo.
Ele devia era ir lavar escadas... para aprender o quanto uns míseros euros custam a ganhar. ;)
Grande besta!
Ontem veio com a conversa do aumento dos impostos pra quê?!? Para assustar mais as empresas? criar mais pânico?!? O que já anda por aí, não chega? Eu será que ele precisa de um aumentozito, hence, uma subida de impostos. Grande besta!
Hoje já veio desdizer o que tinha dito. Mete-se onde não deve. Cromo!
É o terceiro mais bem pago do mundo? Isso eu não sabia... dele só conheço a incompetência.

Beijinho, e acalma-te... ainda se uma pessoa pudesse fazer alguma coisa... :s


*
Melga disse…
Como eu te compreendo e comungo da mesma opinião...o VC nem vai ser aumentado(tadinho)porque ganha mais de mil euros...sei o que é não ter aumentos, sei o que é estar com escalões congelados, sei o que é discriminação de salários diferentes para trabalho igual...se ganhassemos o que o dito cujo ganha também diriamos que nem precisamos de aumento até 2012 que é quando acaba o mundo...nem sequer o inteligente deve saber o que é ter um filho licenciado e vê-lo ir para a Alemanha trabalhar como assistente de bordo numa companhia low-cost...
claro eles só percebem de sucata...
Jinho*
Brown Eyes disse…
Exactamente Bela. Queríamos ve-los com esses 450,00 euros, queríamos ver o que eles conseguiam fazer. Com uns ordenados daqueles e vêm para aqui pedir sacrificios e, o que mais enerva, é olhar para aquela cara deslavada e não conseguir ver ali nada que se aproveite. Eles nunca apertam os cintos minha querida, nunca. Como é possível um ser humano viver à margem dos problemas dos seres da sua espécie, embrenhado no próprio umbigo?
Beijinho Grande
Paulo disse…
Já há muito tempo que este cavalo anda a mandar bitaites, como se fosse o senhor-razão deste país, mas no fundi não passa de um incompetente oportunista.
Eu até já ouvi dizer que ele é dos mais bem pagos a nível mundial, mas não posso confirmar (e até é melhor nem saber).
Agora já anda em bicos de pés para assumir um cargo no Banco Central Europeu.
Sai de um poleiro para outro ainda melhor. Uma espécie de "Cherne" 2...
VÁ-SE CATAR!
Que raiva, podes crer BE!
Brown Eyes disse…
Ginger achas que vai ser despedido? Olha que não!!! Eu não acredito. Se tivesse que ser já tinha sido, não achas? Exactamente Ginger lavar escadas ou ir para as obras. Aí sim, o fulano ficava a saber o que é trabalhar e merecer um bom vencimento. Aí via se 450,00chegam para pagar o desgaste que se tem. É verdade Ginger, 3º. mais bem pago, parece inacreditável não é? Uma competência daquelas. Estes fulanos ainda não se aperceberam que ou tomam uma decisão radical, a única a tomar é mesmo a que eu referi, baixar os altos vencimentos e subir os baixos, acabar com os passeios dos políticos, com os carros do estado, grandes carros, telefone à borla, subsídios de representação, grandes obras que servem apenas para ganhar eleições, ou este país dá o berro. Como podem as empresas crescerem se as pessoas não têm dinheiro para comprar? É que quem ganha bem vai às compras no estrangeiro. Naquelas casa de alta costura, percebes Ginger? Naquelas que até põem o nome dos clientes no vidro? O socrates tem o nome dele numa. Pois, pois, não podemos fazer nada mas, também, não podemos calar. Com estas atitudes de governação que futuro terá a nova geração? Mendigar?
Beijinhos minha querida
meldevespas disse…
Goste de ler a tua indignação! Até porque ontem quando ouvi o dito cujo falar assim, só consegui pensar. "Atão um cabrão destes ainda está a gozar comigo!!!!!???)..pois, comigo e com todos os outros que têm q cumprir um horário de trabalho longo e mal pago, muito abaixo daquilo pra que nos preparámos, comigo e com todos os que não têm onde cair mortos, ao fim de um mês de trabalho a limpar o cu a gente como ele! Desculpa o tom do meu comentário, mas nestes momentos, aqui, em casa, na rua cresce em mim uma onda de revolta que custa a conter.
No entanto, como diz o poeta "cá se vai andando com a cabeça entre as orelhas"
Beijinho
Brown Eyes disse…
Melga também conheço tudo o que dizes, há vinte e tal anos que estou na função pública. Como tu sabes ganhávamos mais há vinte e tal anos que hoje (pelo que dizes depreendo que sejas F.P.). Conheço este mundo por fora e por dentro e sei bem a podridão e os gastos que se fazem. Coitados dos funcionários públicos, pagam sempre as favas mas ninguém sabe a miséria que anda aqui, nem para onde vai o dinheiro público. Depois sabes que vejo? Compra de material informático à balda que acaba por ficar na prateleira porque não há dinheiro para mandar compor e, não lhe fazem assistência. Vai aquele para a prateleira e vem outro que acaba por ter o mesmo fim. Os funcionários, esses não podem nem ter um aquecedor aceso e nem tirar uma fotocópia. O material depois é dado a instituições, algumas, percebes? É um desgoverno completo. Que aprendam a governar, como nós aprendemos a governar os nossos cantinhos. Melga os filhos, dói não dói? Ver os jovens a emigrar porque aqui não têm condições de vida e, depois de todo o sacrifico que fizeram para tirar um curso terem que aceitar um emprego qualquer para terem a sua vida e não estarem subjugados aos pais. Sucatas e Centros comerciais e do que ainda não veio a publico, ah porque há mais, de certeza que há.
Beijinhos e obrigada pela tua ajuda a desenvolver este tema.
Brown Eyes disse…
Paulo como terá o fulano lata para tanto depois do que fez, não é? É o 3º. mais bem pago a nível mundial, sem dúvida, assim como também já ouvi, como tu, que o fulaninho vai para o Banco Central Europeu. Estas a ver o prémio que o fulano tem pela incompetência? Banco Central Europeu, claro está, a ganhar mais. Paulo não teríamos nós direito a, quando chegar o fim do ano, a comprar aqueles presentinhos tão banais como a máquina fotográfica, o TOM TOM, o livro, depois de um ano de trabalho e de sacrifício e de tanto termos gasto em impostos? Pagar imposto para beber leite? ahahahah . Lembraste da ideia de pôr uma taxa em cada saco plástico do hipermercado? Que acabou por não ir para a frente? Depois arranjam a desculpa do ambiente. Ai ai, devem pensar que somos otários.
Paulo já pensei deixar de ver as notícias porque, a minha raiva já é tanta que não sei não. Vermos as fábricas, o comércio a fechar, as pessoas desesperadas e ainda termos que ouvir asneiras destes fulanos? É demais, não há ser humano que aguente.
Beijinho Paulo e obrigada pelo teu comentário. Faz bem desabafar.
Brown Eyes disse…
Mel parece que não somos só nós a estar indignadas e revoltadas. Muita gente está. Dói estar um mês a trabalhar, no duro, que é onde muitos trabalham muitos, para, chegar ao fim do mês e, não ter dinheiro para um miminho? Pelo menos isso, um miminho. Depois de um dia cansativo ainda temos que ouvir os conselhos destes incompetentes? Temos que nos conformar não é? Pelos vistos não conseguimos mudar nada. Aos fulanos não lhes interessa a nossa opinião, interessa-lhes é o dinheiro. Beijinhos Mel, cá vamos nós com a cabeça entre as orelhas.
free_soul disse…
Apanágio dos pobres e dos trabalhadores...apenas os que dão o duro e se sentem a perder o tapete debaixo dos pés...o conseguem sentir e ver com essa clareza de espirito...O VC não merece sequer a palavra consciência!!! Para mim este tema aliás nem a propósito!!!
Um beijo
Brown Eyes disse…
free_soul tens toda a razão. Vou acrescentar trabalhadores. Obrigado pela dica. Parece que vivemos num país ao contrário não é? Os trabalhadores são castigados e os malandros incentivados. Não há "HUMANO" que consiga ver e calar. Obrigada pelo teu contributo.
Beijinhos
Leo Mandoki, Jr. disse…
o problema do Vc é ainda maior, pq o banco de portugal (BP) é uma entidade autonoma do governo e não pode funcionar como instrumento governativo. Mesmo se ainda tivessemos o antigo escudo, a responsabilidade do Bp seria a política monetaria. A politica orçamental cabe ao governo. Ou seja, VC mete a foice em seara alheia, qnd na verdade deveria estar concentrado na sua unica missão que é a regulação do mercado monetario. Nem na função previsional o VC é serio, pq sp esteve alinhado com o governo em materia de previsão do defice, sp esteve alinhado com a agenda politica.
....
beijos!
(gosto sp dos teus comentarios objectivos)
beijocas!
Brown Eyes disse…
Leo a explicação que faltava, ninguém se lembrou de a dar e é necessária para percebermos, o papel do VC e a validade das suas colheradas. Obrigada pela tua participação e pelo surgimento do Mandoki que os comentários diziam viver em ti.
Beijinhos
Demóstenes disse…
Aplaudo a indignação!

Em relação aos políticos, generalizando (com todos os perigos que isso implica), há muito adoptei uma posição queirosiana:

- Rapazes, não se mencione o excremento!

Um bom fim-de-semana!!!
Pedrasnuas disse…
MAS AINDA NINGUÉM PERCEBEU QUE ISTO É NORMAL?!TODOS ELES FAZEM O MESMO ,...QUEM VENCE SÃO OS COLARINHOS BRANCOS...E O POVO É O POVO...NÓS NÃO CONTAMOS PARA NADA...O MUNDO É DESSA GENTE, DOS RICOS E PODEROSOS...A CRISE INSTALOU-SE POR CULPA DE QUEM?DO POVO?TANTO FORA COMO CÁ DENTRO O PANORAMA É IDÊNTICO...ANDAM TODOS METIDOS NA CORRUPÇÃO POR CAUSA DE DINHEIRO...E QUEM É JULGADO POR ISSO???SÃO TODOS ALIADOS ... PORQUE ROUBAR E FICAR MILIONÁRIO COMPENSA...POR ISSO VÃO TODOS POR ESSE CAMINHO...ATÉ QUANDO NÃO SEI...
SE HÁ MANIFESTAÇÕES POR OUTROS DIREITOS PORQUE NÃO SE MANIFESTAM CONTRA ESSES SENHORES QUE USUFRUEM DE ORDENADOS DESCOMUNAIS. QUE O POVO ACORDE PARA ESTAS REALIDADES ESCANDALOSAS...
Brown Eyes disse…
Demóstenes Obrigado por mais um comentário teu. Só que esse excremento não só "desvia" quantidades enormes como ainda destrói a vida de milhões de trabalhadores, não nos permitindo ter uma vida decente, para a qual trabalhamos e nos esforçamos. E, agora premeiam-se os preguiçosos e os incompetentes. Veja-se o caso das novas oportunidades, outro absurdo, com o qual não concordo.
Um bom fim de semana para ti também.
Brown Eyes disse…
Pedrasnuas não se manifestam porque têm medo deles. Medo e também porque, infelizmente, estão a espera de lucrar de alguma maneira. Esse é o motivo porque as pessoas se calam, medo, algumas, outras porque são oportunistas. A verdade é que a justiça não é isenta o que leva muita gente a temer lutar contra os poderosos porque sabe o final do filme: eles ganham e os outros arranjam uma carga de trabalhos para a vida toda. O dinheiro compra tudo e muita gente. E quem não se deixa comprar é olhado como ave rara e anormal e só não o aniquilam se não poderem. Depois temos aqueles que não falam porque devem algo já. Neste país quantas pessoas estão empregadas sem terem metido cunha? Muito poucas. Mete-se cunha até para se ir ao médico. Incrível como se normaliza uma arma que considero estar ligada à incompetência. Quem se considera válido luta, lado a lado, com os outros, não passa rasteiras. É assim que eu tenho vivido, não devo nada a ninguém, por isso sou livre para dizer o que penso mas há muita gente que não está. Já fui dirigente de um sindicato, durante algum tempo. Aceitei porque achei que devia lutar pelo interesse dos trabalhadores, dar a cara. Ao fim de pouco tempo abandonei. Empresto a minha imagem ao que acredito, não a empresto a pessoas nem instituições que aparentam lutar pelo interesse do povo mas que lutam, na verdade, pelo interesse deles próprios. Assim deviam agir todos, pôr os interesses do povo acima dos pessoais. Cada um de nós pode contribuir para acabar com estes oportunistas. Este pessoal não tem nada para me dar, conviver com esta gente só me prejudica. Se eles se sentissem postos de lado decerto pensariam duas vezes antes. Todos podemos lutar para acabar com eles, todos temos oportunidade para o fazer, todos podemos mostrar a nossa diferença.
O povo infelizmente parece não querer acordar, parece preferir viver num mundo ilusório, onde são sacrificados dia a dia por senhores que eles elegeram como deuses. Mas os deuses não seriam aqueles que deviam dar o exemplo?
O que devia compensar era ter a consciência tranquila não é Pedranuas?
Um beijinho e obrigada.
Bom fim de semana
Pedrasnuas disse…
PARABÉNS PELO COMENTÁRIO...GRAÇAS A DEUS QUE JÁ SOMOS DUAS A NÃO DEVER NADA A NINGUÉM...CONSEGUIMOS POR MÉRITO PRÓPRIO...MAS NÃO FOI FÁCIL CHEGAR ATÉ AQUI...E SABES PORQUÊ? NÃO SOU FILHA DE GENTE IMPORTANTE, NÃO TENHO NOME NA PRAÇA ,NÃO TENHO AMIGOS EM LUGARES ESTRATÉGICOS...E COMO TAL TUDO O QUE FAÇO É OLHADO COM DESCONFIANÇA OU MESMO COM INDIFERENÇA.
INFELIZMENTE MUITA GENTE TREPA PARA CHEGAR ONDE CHEGA...A GRANDE MAIORIA ...INFELIZMENTE TENS RAZÃO...E DESMANCHAR ESTA TEIA É MUITO COMPLICADO...

CONCORDO CONTIGO ...TER A CONSCIÊNCIA TRANQUILA É MUITO BOM...É DAS MELHORES COISAS DESTE MUNDO... PARA NÓS!!!
...OU NÃO ANDARIA POR AÍ TANTA GENTE APARENTEMENTE FELIZ E DE CONSCIÊNCIA PESADA. PARA ESSES DEVE COMPENSAR...

BEIJINHO , BOM FERIADO E BOA SEMANA
Demóstenes disse…
Espero que tenha aplacado a ira!

Um bom feriado!
Brown Eyes disse…
Pedrasnuas dá um imenso prazer saber que existem mulheres lutadoras e que acreditam nelas, acima de tudo e de todos. O que te acontece a ti acontece-me a mim, aliás eu nem quero saber se conheço alguém influente, o mesmo acontecerá contigo. Queremos vencer por nós e assim damos o nosso contributo para mudar esta sociedade. Um beijinho grande para ti e obrigada.
Brown Eyes disse…
Demóstenes impossível aplacar a ira. Ligo a TV e só vejo excrementos. Obrigada
Gravepisser disse…
Obrigado pela tua visita e esclarecimento... :)

Estou a adorar a playlist, a versão do "Just Like a Woman" é fantástica, quase tão boa como a original do Dylan...

Quanto aos textos, virei ler melhor quando tiver um bocadinho de tempo. :)

Um beijo.
Brown Eyes disse…
Foi uma visita rápida mas irei, com mais tempo, para decifrar o teu mundo.
Obrigada
F Nando disse…
Qual o valor de um gestor público ou mais concretamente o Governador (?) do Banco de Portugal?
Por cá ninguém é responsabilizado pelos actos de gestão ou por outra fica-se pela "responsabilidade politica" da coisa...
O certo é que estes senhores sem nada que justifique ganham fortunas e têm benesses que são o mais comum dos cidadãos não têm.
Haja VERGONHA!
Brown Eyes disse…
F NANDO fica-se pela responsabilidade politica da coisa que não é nenhuma. Quem paga a crise SEMPRE? Os trabalhadores. Quem é responsável pela crise? Os politicos e afins. Eu não consigo compreender como um trabalhador consegue aguentar tanto sem explodir. 2010 vai ser pessimo e eu espero que eles resolvam a crise com o corte nos ordenados deles mas, claro, não vai ser assim.
Obrigada pelo teu comentário
Demóstenes disse…
Isto só lá vai com uma nova Maria da Fonte!!!
Brown Eyes disse…
Demóstenes estou de acordo contigo. Se começa no Norte, no Sul ou Centro pouco interessa mas que tem que começar tem. Como pode alguém andar bem se logo de manhã as noticias são sempre as mesmas: aumento de impostos e ajustamento salarial na função pública. Desta vez é o FMI.
Leia-se no DN: "Aumentos baixos na função pública e para quem recebe o salário mínimo, restrições nos apoios sociais e agravamento da carga fiscal. São algumas das recomendações que o Fundo Monetário Internacional (FMI) faz a Portugal, lembrando que a crise internacional veio apenas acentuar "problemas preexistentes" no País."
A Função Publica está sempre a pagar a crise, já não lhes chega terem que levar com a garotada de directores que lhes impõem, filhos do partido (são um estilo de filhinhos da mamã), com as classificações injustas, mais que nunca em que não adianta ter um desempenho excelente, é preciso prová-lo e depois da prova apresentada ainda a palavra do chefe é que é válida com o aconselhamento que o mesmo deve daqui p'ra frente basear a sua palavra em provas. Em que país vivemos nós afinal? Pena que estas verdades não venham a público. Eu estou saturada de viver num país onde a justiça não tem significado em nenhum dicionário e é uma utopia. Justiça sempre foi o meu cavalo de batalha para quê? Numa coisa estou eu de acordo com o FMI: lembrando que a crise internacional veio apenas acentuar "problemas preexistentes" no País. Os problemas existem há muito tempo neste país, não se desculpem com a crise internacional porque não somos cegos, sabemos o porquê desta crise. Para que queremos nós governantes que são os primeiros a prevaricar? Para que queremos auto-estradas, aeroportos, se temos gente a passar fome, a viver de subsídios, sem terem onde trabalhar? Não se esqueçam que quem trabalha nessas grandes obras não são os portugueses, não venham dizer que resolvem o desemprego, são os brasileiros, ucranianos, etc, porque lhes pagam ordenados mais baixos e não fazem exigências. Défice de 1380 euros por cada cidadão? Isto é para rir não? Afinal quem governa? É quem terá que pagar as dividas, é quem usufrui, quem tem as benesses, portanto que pague e que seja responsável pelo que faz. Aqui em casa há responsáveis que pagam o que fazem. Que maravilha é governar um país, mais fácil que governar uma casa, em casa pagamos nós, no país pagam eles. ahahahah
Brown Eyes disse…
Mais, alguém me explica para que a esposa do Presidente da Republica precisa de uma assessora? Se é que tem só uma.
Mulher a 1000/h disse…
Eu explico: para não se cansar a combinar modelitos e marcar os chás em nome dela... pah... sempre tem outro charme! Eu também precisava de uma acessora... bem mais do que ela talvez, mas não me sentia bem se soubesse que era paga com o dinheiro dos pobres pedintes, perdão, contribuintes! ;P
Brown Eyes disse…
Obrigada Sílvia. O que eles fazem afinal? O que o assessor não pode fazer por eles. Se calhar melhor manda-los para casa e ficar com os assessores. Enfim...Dizes bem, pobres pedintes. Resta saber se só tem uma, os chás devem ser tantos!!! Depois falta saber o valor dos subsidios de representação e apresentação...Ai ai Sílvia quanto mais penso, quanto mais ouço mais me revolto. Pobres pedintes que nem têm já onde cair mortos e continuam a ser pisados. Estás a ver qual vai ser a nossa situação sem aumentos e com uma subida do IVA? Vai ser lindo!!!!!
Eli disse…
Nem todos têm competência para ter consciência... infelizmente.

Mesmo assim, pode-se sempre fazer algo!

:)
Brown Eyes disse…
Eli pelo menos sempre podemos alertar os mais distraídos. Obrigada pelo teu comentário.
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Carnaval de Vermes

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…