Avançar para o conteúdo principal

Haja Paciência

Há atitudes do ser humano que me deixam admirada porque demonstram pouca educação, falta de civismo, pouco respeito pelos outros… resumindo deixam-me totalmente incrédula e não consigo encontrar explicação para elas. Acho que todos devíamos nascer com uma noção básica do que devemos ou não fazer, do bem e do mal, para que nunca desrespeitemos os outros. Devíamos, mas, não nascemos.
Aqui no prédio, onde vivo há mais de oito anos, há cerca de um ano que anda uma nova empregada a fazer a limpeza do mesmo. Ela achou, desde o início, que o lixo (publicidade colocada nas caixas do correio) que alguém coloca no parapeito da janela da entrada principal do prédio, deve ser deitado no contentor por mim.
A senhora limpa o prédio tardíssimo, já estou deitada, não há dias certos para isso, a última vez teve um intervalo de quatro meses, como tal deixei-lhe uma mensagem na caixa do correio:
“Esta caixa do correio não é um caixote do lixo. Ela não recebe publicidade, como tal a que está em cima do parapeito da janela não pertence a esta caixa. Em vez de colocar o lixo nela dirija-se ao caixote do lixo e coloque-a lá.”
Ontem, depois de quatro meses a acumular sujidade o prédio foi limpo e, hoje, invariavelmente, tinha a caixa do correio cheia com o lixo que alguém recebeu durante quatro meses e que deixou sobre o parapeito.
Pergunto:
Que raio de empregada de limpeza é esta que faz dos outros criados dela? Onde andará essa “bendita senhora” que não consigo pôr-lhe os olhos em cima e as verdades sobre o esqueleto?
Eu, que encontro sempre um lado positivo em tudo, não consigo encontrar nem a explicação para atitudes destas quanto mais uma parte positiva.
Haja paciência!

Comentários

AC disse…
O ser humano pode ser tudo ou nada, depende da circunstância.
Mostre-se à mulher, Mary, tenho a certeza que, a partir daí, ela jamais reincidirá.

Uma boa semana :)
✿ chica disse…
HAJA mesmo! essas coisas nos irritam! bjs, chica
Mary Brown disse…
Eu mostrava-me se descobrisse quando ela cá vem. É tão irregular que não posso passar meses acordada até ela resolver vir.
Obrigada.
Beijinhos
Mary Brown disse…
Chica se irritam! Eu era incapaz de ter uma atitude dessas e por isso não consigo entende-la. Não consigo! Beijinhos
Breathtaking disse…
Hello Brown Eyes!:) How infuriating! I'm in total sympathy for your dilemma. I do hope you see her (if you know what she looks like) and then you can ask her not to do this. Keep well, and try not to fret.
Briseis disse…
Nos últimos tempos tenho vindo a impor-me maior tolerância... apercebo-me que nunca conhecemos a "história toda" ou o que está por trás de certas atitudes, qual a motivação das pessoas para fazerem certas coisas... Isso torna-me mais tolerante. Ao mesmo tempo, continua a haver coisas que me ultrapassam e sem explicação possível!! este é um desses casos!loool
Fê blue bird disse…
Amiga, porque não mudam e empregada de limpeza ?
Eu também não toleraria um comportamento desses.
Reúne os condóminos e fora com ela! Livra!

Um beijinho
Rosa Carioca disse…
Se não conhecesse tanto o seu blog, diria que é uma piada!!!!!
Isso fazia-me "saltar a tampa" bem alto!!!!!
Mary Brown disse…
Breathtaking I don't have idea what she is but I hope to see her soon
Mary Brown disse…
B, nós tentamos mas, paciência tem limites. Por mais preguiçosa que sejamos não podemos esperar que alguém receba lixo de cara alegre e, ainda para mais, quando estamos a ser pagos para limpar. Ela fez isto desde o primeiro dia que veio para aqui limpar. Porquê na minha caixa? Porque é a que está mesmo ao lado. A mulher nunca devia ter aceite este trabalho porque é o cúmulo da preguiça. Estou ansiosa para lhe pôr a vista em cima e se a apanhasse a pôr lá o lixo...Aí sim era ouro sobre azul. Beijinhos
Mary Brown disse…
Amiga com a crise neste prédio foi-se o condomínio, não há. Já pedi várias vezes ao dono do prédio para fazer uma reunião para resolver alguns problemas de convivência que surgiram mas não houve hipótese. O dono vive em Coimbra, penso eu, portanto...Eu não o conheço. Conhecia os pais mas morreram. Enfim...Tenho que a apanhar e para isso tenho que estar alerta.
Beijinhos
Mary Brown disse…
Rosa parece piada mas infelizmente não é. Beijinhos
Mary Brown disse…
Ontem,9 de novembro, a senhora que limpa este prédio apareceu para o limpar, quase dois meses depois. Claro que abri a porta e perguntei:
-É a senhora que tem limpo o prédio?
-Sim, tenho sido eu.
-Quero só pedir-lhe que não volte a deitar o lixo na minha caixa do correio, como tem feito.
-O meu patrão já falou comigo, ele conhece-me bem, eu não sou. Quando há lixo em cima da janela eu vou deitar no caixote do lixo.
Respondo:
-A sério? Coincidência. O lixo está meses em cima da janela e só quando a senhora vem é que vai parar à minha caixa do correio.
Resposta dela:
-Deve ser alguém que se anda a passar por mim que lho lá põe.
Respondo:
-Ok então vamos ver se amanhã o lixo está na minha caixa do correio.
Claro que eu já sabia que ia estar. Se não estivesse ela estaria a dar-se como culpada. Não é que hoje, como sempre, tinha lá o lixo!
Há pessoas com quem não adianta falar porque são mentirosas compulsivas e completamente loucas. Eu acho que elas só entendem com violência.
Imaginem uma empregada de limpeza do v/prédio como esta, que fariam?

Mensagens populares deste blogue

Carnaval de Vermes

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…