Avançar para o conteúdo principal

Regresso à Realidade

Sou uma sonhadora, a realidade, nua e crua, causa-me stress, nada como sonhar sem limites, sem horários, num ambiente acolhedor, rodeada pela natureza, acompanhada comigo ou com quem amo.
No entanto, tudo isto vai ter que ser adiado por mais um ano. As férias acabaram, há que voltar à realidade e como cumpro as minhas obrigações já estou a trabalhar. Tanta gente que foge a elas neste país!
Dói estar subjugada ao acordar, ainda o sol descansa, pelo som, irritante, de um despertador, mas dói ainda mais, não poder saborear um pensativo cigarro no sofá calmamente. [Falando em cigarro, já observaram os novos maços? Acham que alguém vai deixar de fumar porque colocaram aquelas fotos tiradas de um filme de terror sem título? Quem será o ingénuo, nós ou eles (os que “inteligentemente” legislaram nesse sentido)?]
Vinte e dois dias de férias. Que miséria!
Se na Finlândia, na França, no Kuwait ou até na Guiné os trabalhadores têm direito a trinta dias porque será que nós não?
Bem, ainda temos direito a vinte e dois dias úteis pagos, há países que só têm direito a vinte e alguns apenas a cinco, caso da China e Canadá. Como consolo lembro-me daqueles que têm menos (pensamento à portuguesa).
Voltar ao trabalho desanima, desgasta, há quem fale em depressão pós-férias, não chego a tanto, tenho, isso sim, a sensação de paragem no tempo, durante o horário laboral. O fim de semana nunca mais chega!

Não há dúvida que a nossa disposição é diferente quando estamos de férias ou quando estamos onde e com quem queremos estar. Não há dúvida. 

Comentários

✿ chica disse…
Nem sombra de dúvidas que férias são férias, mesmo em casa... Valem por si só! beijos, bom retomo! chica
Mary Brown disse…
Chica dizes bem: férias são férias, nem que sejam passadas em casa. Cumprir horários é duro. Beijinhos
Fê blue bird disse…
Amiga Mary,compreendo-te bem, apesar de não cumprir horários pois fiz a opção de não trabalhar para outros.
Paga-se também caro esta escolha, pois fiquei sem quaisquer direitos, mas sinceramente não me arrependo.
Tenta compensar esse desgaste com momentos teus, como vir aqui por exemplo :)

Um beijinho feliz por estar de novo na tua companhia.
Mary Brown disse…
Amiga todas as opções têm prós e contras. Se eu tivesse podido escolher se calhar optaria por trabalhar mas não tivesse essa hipótese. Cá estou eu de volta à realidade, andando de cima para baixo no mapa. Beijinho grande
C. disse…
As verdadeiras holiday blues...

Beijinhos,
O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

Mensagens populares deste blogue

Carnaval de Vermes

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…