Avançar para o conteúdo principal

Solidariedade


27 de Junho de 2013 (dia de greve geral)
Solidária com a luta dos Portugueses Honestos, para que consigam uma posição respeitável, condizente com o esforço feito ao longo da sua história, contribuindo para que as recordações sejam ruínas do passado, unida com os que não têm medo de dizer "Basta" e  que valorizam os problemas alheios, acreditando que “sempre” fomos trabalhadores, que a união faz a força, que os tiranos morrerão intoxicados pelo seu fel …
Por mim, por ti, por nós, a luta continua.
Os Angelic Upstarts são uma banda inglesa do punk rock, anti-fascista, anti-policial, proletária, que nunca se ligaram a nenhum partido apesar das suas letras serem esquerdistas e comunistas. Solidarity ilustra  a nossa realidade.
Brown Eyes

Comentários

✿ chica disse…
E a luta não pode parar! Tomara venham resultados! beijos,lindo fds! chica
João Roque disse…
Um vídeo poderoso e absolutamente adequado ao dia de hoje...
Mz disse…
Estou contigo.
Mas uma coisa já sabemos; Solidariedade não chega neste país onde muitos se escondem e se acomodam à espera que os outros lutem.

Bjs
Briseis disse…
Tristes tempos vivemos...
Fê blue bird disse…
Onde descobriste esta pérola minha amiga ?

Vou pesquisar a banda.
Solidariedade é a palavra e a acção de devemos ter sempre presente no momento actual.

beijinho e boa semana

Mary Brown disse…
Chica sem luta é que nada muda. No Brasil temos o exemplo. Beijinhos
Mary Brown disse…
João exactamente. Esperava que a solidariedade fosse maior. Todos conhecemos a realidade do país e se nada fizermos...
Beijinhos
Mary Brown disse…
MZ como sabes chega sempre o dia em que o mal nos bate à porta e então nada podemos esperar dos outros se nada fizermos por eles hoje. Sabemos bem porque se escondem e porque esperam que sejam os outros a lutar mas se os benefícios fossem distribuídos apenas por aqueles que lutam esses teriam o que merecem. Beijinhos
Mary Brown disse…
Briseis só o amor consegue vencer tudo. Beijinhos
Manuela Freitas disse…
Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.
Bertold Brecht


Conheces de certeza, mas é só para sublinhar que temos que nos importar e sermos mais solidários.
Beijinhos querida amiga!

Mary Brown disse…
Manuela conheço e adivinha quem me mandou por e-mail? Tu. Penso que se os benefícios fossem distribuídos só por quem luta, só por quem faz greve, haveria muitos mais a lutar. Enquanto não houver diferenças muitos continuarão no seu canto à espera que os outros consigam o que pretendem. Beijinhos
Concordo com o seu texto vou ver
o seu vídeo e vou colocá-lo
num dos meus blogues.
Sabe amiga, aquilo que me espanta
é a indiferença de imensos portugueses e a percentagem que
as sondagens continuam a dar ao PPD.
Desejo-lhe um bom dia.
Bj.
Irene Alves
Mary Brown disse…
Irene não ligo às sondagens porque são falíveis. Claro que há gente que ainda está de acordo com o governo, todos aqueles que andam a mamar e nunca fizeram mais nada, Beijinhos
Mary Brown disse…
Irene não ligo às sondagens porque são falíveis. Claro que há gente que ainda está de acordo com o governo, todos aqueles que andam a mamar e nunca fizeram mais nada, Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Carnaval de Vermes

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…