Avançar para o conteúdo principal

O Silêncio das Bestas

(Este vídeo serve apenas para mostrar como o bio chip será implantado e qual à sua utilidade. No que toca ao número da besta 666 e à parte Biblica eu não tenho a mesma opinião mas....)

As relações de trabalho modificaram-se com o avanço da informática. Não  vou abordar a globalização que muito contribuiu para as alterações das mesmas. Os direitos dos empregados, a sua privacidade,não pode ser esquecida lembrando apenas o aumento da produtividade e o lucro.
Na era da informática, com as aplicações em rede, não é difícil que todos os passos dos funcionários fiquem registados, não sendo suficiente informa-los do facto ou obriga-los a assinarem termos de responsabilidade. Uma palavra passe distribuída pela empresa para abertura de um computador ou de uma porta não poderá, nunca, ser segura ou servir como prova aquando da responsabilização do trabalhador  já que ela é conhecida, pelo menos, pela equipa de informática que as distribui.
O funcionário anda, constantemente,  na corda bamba já que todos os dados do seu trabalho podem ser alterados e podem ser feitos registos em seu nome. Ele deixa de poder provar seja o que for porque as provas, na maior parte das vezes, estão em poder do patronato.
Além de ter perdido a segurança perdeu a sua intimidade, o direito à vida privada, desde o momento que utiliza os meios que a empresa fornece para efectuar o seu trabalho, não precisando, para isso, nem de abrir o seu e-mail particular ou de visitar algum site da internet. Como todos os dados ficam registados é possível saber o tempo que leva a elaborar determinada tarefa.  Mas há empresas que vão mais longe e fornecem cartões de identificação que permitem levantar o trabalho nas fotocopiadoras, impressoras e digitalizadoras, abrir o computador, porta exterior do edifício e a porta da sua secção ou das secções vizinhas. O funcionário quando está a trabalhar está fechado e a porta  abre, apenas, com a passagem de um cartão. Agora,  além dos seus passos estarem a ser espiados quando está no computador, a trabalhar,  também o são quando circula pela empresa.
Ninguém se preocupa com estes atropelos à violação da intimidade e perca de liberdade. Nunca ouvi um sindicato informar ou lutar contra esta realidade que se tem multiplicado e que leva à insegurança no trabalho, tanto ou mais preocupante que um contrato a termo certo ou um recibo verde. Nunca ouvi, também, a voz de um trabalhador  abordar o tema ou insurgir-se contra. Tudo parece aceite como se fosse normal, como se não fosse pernicioso.   
No futuro, presente já em alguns países, em vez de cartões implantar-nos-ão um bio chip, um bio chip, com bateria de lítio, criado por Dr. Carl Sanders, que nos vigiará constantemente e fornecerá todos os nossos dados. 
Terá, esse chip,  o número da besta? Terá, o nosso, sim porque todos os que deixarem que esse objecto lhe seja implantado serão uma besta, esteja ou não previsto  na Bíblia. Se lutamos para que os animais tenham um tratamento adequado, como seres vivos que são, que seremos quando permitirmos que nos tratem como objectos? Bestas.
Brown Eyes

Comentários

Ana Martins disse…
Brown Eyes, boa noite!
Absolutamente impensável, desconhecia completamente, estou chocada!

Beijinho,
Ana Martins
O video já tinha visto.
Quanto ao que escreve estou quase totalmente de acordo. O único ponto de discordância é o chip. Não será preciso, porque todos os nossos passos já são vigiados. Duvida?

PS: Passe a publicidade... venho dizer-lhe que tenho um blog novo só com crónicas (lá mais para diante, em Maio, também haverá lazeres)
Aqui fica o endereço:
http://cronicasontherocks.blogspot.pt/
Minha amiga, fiquei sem saber que
responder...mas agradecida pelos
seus alertas. Realmente parece que
os Sindicatos andam à margem de
muita coisa...
Não conhecia o vídeo.
Espero que a mim nunca venha a
ser aplicado....
E as verbas avultadíssimas que
se gastam para criar estas coisas.
Ainda há pouco vim dos correios e
uma funcionária que já trabalha
naquela estação há anos e pessoa
muito acessível e competente,estava
a chorar...e perguntando-lhe o porquê respondeu-me que não podia
falar, que têm ordens para não
falar com os clientes, mas para
serem simpáticas....!!!Não sei como
será compatível...
Não gosto nada do muito que está
a acontecer, não gosto mesmo nada.
Obrigada pelos seus alertas.
Beijinho
Irene
Brown Eyes disse…
Ana ontem tentei fazer um comentário no Ave sem Asas e não consegui. Como só tenho blog no google não dava para fazer login. Verei hoje. Ana muita gente não sabe e como disse no post nem os funcionários se apercebem do quanto estas medidas podem ser prejudiciais para eles e por isso nem falam no assunto. Acham normal que lhes meçam os passos e que os fechem numa sala.
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Carlos não duvido que os nossos passos estejam já a ser vigiados, aliás há outra realidade que pretendo abordar logo que me seja possível, não menos grave.
Não será preciso? O bio chip terá várias utilidades e servirá como comprovativo não sei se não será. Já é usado em vários países. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Irene nem eu ando a gostar e quem devia alertar para o problema e informar os trabalhadores de como deviam proceder eram os sindicatos, existem para defenderem o trabalhador. As verbas são muito avultadas e como estamos em crise admira-me que se gastem balúrdios em porcarias e se deixem morrer pessoas sem tratamento. Sim porque além do que se gasta nos cartões terão que se mudadas as portas e máquinas. Beijinhos
AC disse…
Mary,
Passando por cima das referências ao Apocalipse, não há dúvida de que esta seria uma forma perfeita de controlar tudo e todos, o coarctar da liberdade em nome do progresso.
Monstruoso, no mínimo!
Brown Eyes disse…
AC é mesmo para passar por cima dessas referências que não interessa debater. O que interessa mesmo é estarmos a cada dia que passa a perder mais a liberdade, estarmos a ser escravizados e continuam a chamar a isto democracia. Ou as pessoas não sabem o que se está a passar ou não sabem o que é democracia. Beijinhos
Ana Martins disse…
Brown Eyes, boa noite!
Voltei para lhe pedir se posso partilhar no facebook. Já vi que hoje já conseguiu comentar, ainda bem. Facilitei mais os comentários porque havia quem se queixasse da dificuldade em deixar a sua opinião, espero que agora a dificuldade acabe.

Aguardo a sua permissão, beijinho,
Ana Martins
Brown Eyes disse…
Ana Claro que sim. O blog não deixa copiar, se quiseres pôr o texto integral dá-me o e-mail para te enviar. Ontem até o teu e-mail procurei e não encontrei.
Beijinhos
cantinho disse…
Olá.
Não conhecia o vídeo, não conhecia este novo sistema de controlo das pessoas.
Estamos a entrar numa era em que perdemos os valores, a individualidade, o respeito, o ser.
Começa-se a deixar de acreditar em quem está junto a nós.Quem muito vai sofrer com isto, são aqueles que estamos a criar e educar.
Muito bom este post. Um bom alerta.
Posso passar por e-mail?
Aguardo a sua autorização.
Beijinho
Brown Eyes disse…
cantinho podes mas para isso tens que me mandar o e-mail para to enviar. O meu blog não permite que se façam cópias.
Há muita coisa que não se sabe. A comunicação social não fala, como digo no post, nem os funcionários abordam o assunto. Beijinhos
Ana Martins disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
nacasadorau disse…
Neste mundo de bestas já nada me espanta...
É incrível como "nos" deixamos tratar e sobretudo horrível ver quem reage, neste caso, NÃO reage!

O vídeo dá-nos imagens que parecem pura ficção, mas sendo a mais pura verdade, a insurreição é MAIS DO QUE URGENTE, sob pena de sermos meras BESTAS, mesmo.

Que horror ...

Beijinho
Manuela Freitas disse…
Realmente preocupante! Mais uma vez abordas problemas pertinentes de um mundo que se está a tornar assustador e a maioria nem se apercebe disso!
Já deixei de trabalhar há alguns anos e embora pudessemos sofrer perseguição e vigilância, tudo era muito diferente, cada vez os meios se tornam mais sofisticados e mais se tornarão. Há pouco tempo escrevi algo sobre o peso da máquina, ie da tecnologia que vai avançando e quando as pessoas reagirem contra isso, receio que seja demasiado tarde!
Os sindicatos estão envelhecidos, usando métodos ultrapassados, que nada resolvem!
Óptimo artigo como sempre, demoras, crias expectativas e quando chegas arrazas!
Beijinhos e um bom fim de semana,
Manuela
Brem disse…
Vídeo interessante!)
João Roque disse…
No mínimo assustador...
Eu estou ciente, embora por comodismo, por vezes, prefira não pensar nisso, que simples actos que nos parecem normais no dia a dia das nossas vidas actuais, e estou a referir-me ao uso da informática, hoje por assim dizer institucionalizado, nos acorrentam a sistemas aos quais ficamos presos a vida inteira.
Que segurança podemos ter ao dar o número do nosso cartão de crédito numa compra on line de que o mesmo "não entra no sistema"?
Todos sabemos que simples desabafos postos nas redes sociais, não mais os podemos apagar, por muito que apaguemos os nossos perfis.
Já não falo nesse monstro que são as relações com o mundo do trabalho, onde tudo é cada vez mais automatizado e desumanizado.
Estamos a transformar-nos em autómatos e isso aflige-me muito.
Com ou sem implicações bíblicas.
Eva Gonçalves disse…
Este tipo de inovações tecnológicas assusta-me. Mas tenho a noção que já neste momentos, somos vigiados, ouvidos, sinalizados... agora sempre que atravessamos o Atlântico os EUA, passam a saber todos os nossos dados pessoais por ex desde as escolhas de refeições religiosas, dados médicos, nº de cartão de crédito, nº de telefone, etc... O numero de coisas que rapidamente saiu da esfera pessoal da privacidade de cada um, é cada vez maior... como aquela história das empresas que obrigam os trabalhadores a darem a palavras-passe do facebook... Apesar das leis e direitos a privacidade, irá haver sempre excepções que têm que ver com a segurança nacional, o terrorismo internacional, ou colaboração entre autoridades policiais que contornem estes direitos e isso assusta-me porque em breve, parece que a própria noção do que é a privacidade será deturpada. Beijinhos
Petra disse…
Assustador credo....
Fê-blue bird disse…
Amiga, uma parte de mim queria ignorar por completo o que se passa no mundo, porque quanto mais sei, mais assustada fico com o futuro.
Arrepiante este vídeo.
Mas não podemos esconder a cabeça na areia, há que divulgar e alertar para estas situações para podermos tomar medidas defensivas e sensatas.
Obrigada por esta partilha que vou também divulgar, temos que nos unir para não nos tornarmos BESTAS!


Beijinhos
Brown Eyes disse…
Ná acredita que eu continuo a espantar-me. Não sei como é possível estar-se a perder o respeito pelo ser humano, como é possível escravizá-lo, como é possível anula-lo. E, por incrível que pareça, ele continuar a pensar que vive em democracia. Excelentes manipuladores!
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Manuela tomara eu ter tempo para publicar mais, temas não me faltam, falta-me tempo. Este tema já há muito tempo o queria abordar, alguns acabam por morrer na gaveta porque ficam desactualizados. A reforma era a solução mas essa...Deves saber que adoro a minha privacidade e não a trocava por milhões de euros. Ela para mim, assim como a minha liberdade, são intocáveis e tudo que as pisarem faz-me levantar a voz. Manuela tens excelentes publicações mas, presentemente ando por aqui sempre a fugir e perco muita coisa importante. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Brem obrigada. Beijinhos
Brown Eyes disse…
João não imaginas como as relações de trabalho são hoje. Não sei se estás reformado há muito tempo mas de há, mais ou menos, sete anos para cá, que trabalhar passou a ser um sacrifício. Isto a nível geral. Ouvem-se queixas constantes e aquela amizade e camaradagem que existia perdeu-se totalmente. Hoje fui a uma repartição pública tratar de um assunto pessoal e quando dei conta a funcionária estava a queixar-se das condições de trabalho e do quanto tem vindo a perder, de há uns anos para cá, no que se refere ao ambiente de trabalho. Acredita que não a conhecia, nunca a tinha visto. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Eva tudo serve de desculpa para vigiar, incluindo a segurança nacional mas, eu acredito, que o interesse base de tudo é terem-te na mão para te poderem manipular, para que acabes sem direitos nenhuns. Essa é a base de toda a vigilância, o resto são conversas. Pretendem conseguir o máximo de lucro possível e deixarem-te sem direitos nenhuns caso te despeçam. A segurança, a defesa dos teus interesses, da tua saúde são desculpas para conseguirem o que querem, poder total. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Petra muito assustador, pelo menos para quem ama a privacidade e a liberdade. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Fê há coisas que não se podem ignorar, infelizmente. Mas este é um exemplo entre muitos. Voltarei em breve com um assunto que acho preocupante e já está aí. Beijinhos
Mz disse…
Depois de te ler, lembrei-me de uma notícia que me assustou de certo modo. Um Município brasileiro vai adoptar um uniforme escolar inteligente que não é nada mais nada menos que um uniforme com chip electrónico.

Qualquer dia temos a humanidade com chip ID inserido na pele.
É assim devagarinho...

Bjs
Brown Eyes disse…
Mz essa ainda não tinha ouvido, fatos macacos inteligentes mas acredito que seja possível sermos obrigados a usa-los. Houve uma revolução a pouco tempo na tecnologia, o Grafeno, com a espessura de um átomo, que permitirá realizar chips mínimos e até que uma peça de roupa se repare apenas com um toque na tela. Claro que estas invenções poderiam ser óptimas se o homem não tivesse sede do poder e as usasse para beneficio de todos. MZ obrigada, adorei ficar a conhecer essa invenção. Beijinhos
Aí está uma grande verdade que eu reparo há muito.

O silêncio dos sindicatos em relação à desumanização (este caso
especifico) e indo mais longe,
estão coisas a serem cortadas neste País e complexas a que os sindicatos afloraram e esqueceram
e nunca mais falaram e foram postas em prática e tanto vão prejudicar.

E eu não entendo o silêncio dos sindicatos quando se trata de qualidade e humanidade.

Alguma coisa se passa nos bastidores destas lutas...e isto
me deixa confusa.
Onde está a verdade?

Maria Luísa
Pedrasnuas disse…
Isto é devastador e revoltante...cabe a cada um de nós não permitir que alguém faça este tipo de monstruosidade!!! A alta tecnologia faz perder a cabeça ...é como o dinheiro, o poder...os sindicatos já eram...caducos,obsoletos,desatualizados...esta informação deve passar o mais rapidamente possível por toda a Net. Temos de consciencializar os mais incautos!!!

Não, não e não...Beijinhos e grata pela divulgação ...Envia este texto a todos os teus amigos por email...quanto mais , melhor...
Briseis disse…
A sério?! isto não é o argumento de algum filme de ficção científica que aí vem?...um daqueles de muito mau gosto? Só pode... Tá tudo louco??!
Brown Eyes disse…
Maria Luísa infelizmente os sindicatos são formados por homens e como tal erram e erram tendo em vista interesses próprios. Os números acabam por ter mais interesse do que a defesa do interesse dos trabalhadores. Além disso os sindicatos deviam ser totalmente independentes, sem estarem ligados a nenhum partido político. Perdemos imensos direitos, interesses que os nossos avós levaram anos a conseguirem, mas o que mais me preocupa é a perca de liberdade total e a segurança. Ninguém consegue ser feliz inseguro. Os sindicatos deviam repensar as suas acções e optar por novas lutas. Hoje é difícil saber onde está a verdade porque a mentira tomou conta do mundo e tornou-se tão normal que o mentiroso deixou de ser apontado. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Pedras as pessoas nem se apercebem do que se está a passar ou então preferem fechar os olhos. Tentei abordar este assunto com pessoas que são vigiadas através de um cartão que serve para registar todos os seus passos, gastos e trabalho mas não consegui que ninguém mostrasse algum interesse ou até que se mostrasse receoso. O que acho mais grave é o trabalhador utilizar passwords fornecidas pela empresa. Cada vez compreendo menos este mundo em que vivo. Conheço um caso em que o funcionário registava todos os dados que demonstravam que tinha excedido os objectivos no pc do trabalho. Quanto foi classificado, injustamente,como sabes há percentagens para os excelentes, (imagina para quem são?)reclamou para a comissão paritária fazendo cópia de todos os ficheiros que tinha. A comissão paritária pede-lhe os originais /diziam eles que podia ter falsificado as cópias:)- Ele vai buscar os ficheiros para enviar à Comissão Paritária e...Adivinha? Tinham sido apagados do computador. Que fazer? Todos sabemos que um perito em informática consegue destruir qualquer rasto no computador do que foi apagado. Fazer queixa? Um trabalhador não tem qualquer segurança no trabalho. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Briseis infelizmente não é. Esta é a realidade, super actual. Está mesmo tudo louco e o ser humano está a ser escravizado, a ser tratado como simples objectos. Beijinhos
Rosa Carioca disse…
Não duvido que estejamos a caminhar a passos largos para sermos "apenas" umas marionetas...
É assustador!
Ana Martins disse…
Passei por cá à procura de um novo post.
Deixo um beijo e o desejo de que tudo esteja bem.

Ana Martins
Brown Eyes disse…
Rosa a mim pelo menos assusta-me o rumo que isto está a levar. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Ana os post e as visitas são cada vez mais raras. A minha saúde não me ajuda. O que mais temo, à medida que os anos vão passando, é saúde se deteriore, é o que tem vindo a acontecer. Quando imagino dedicar mais tempo ao blog, cai-me uma em cima. O cansaço e estas mudanças repentinas no tempo também contribuem. Não é nada de especial mas só me apetece deitar. Beijinhos e obrigadA
Vivian disse…
Olá,Brown!

Que coisa horrível!!! Infelizmente,hoje,se aceita tudo, sem questionar!
É necessário que as pessoas acordem!
É como disseste, se lutamos pelos direitos dos animais,porque não lutar pelos nossos???Eu não quero um destes.
Beijos!!Tudo de bom pra ti!
Olga disse…
Eu já me sinto insultada de ser obrigada a passar digitalmente o dedo todos as manhã, ao almoço e à tarde, eu já acho um absurdo os computadores e os programas só trabalharem com passwords. Que seria impensável permitir que me colocassem um chip, não sei qual seria a minha decisão perante uma coisa destas, esperaria estar em condições de poder abdicar desse trabalho. Achei mesmo uma coisa horrível... Beijinhos,
Brown Eyes disse…
Olga ainda não tens que passar o cartão para sair da tua sala? Já se faz isso. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Vivian pois aceita. O medo de deixar de ter de comer leva a isso. Beijinhos
Está ausente daqui...e no entanto
e venho aqui deixar um beijinho
para si.
Irene Alves
Brown Eyes disse…
Irene obrigada.Beijinhos
Pedrasnuas disse…
Obrigada Brown...para ti também bom fim de semana ...Beijinhos
Tite disse…
Quando digo a alguém que acredito que isto tudo se passará ou já estará mesmo em fase adiantada de implementação, dizem que vejo muitos filmes de ficção.
O facto é que em jovem vi um filme que contava muito do que se passa na actualidade e falta muito pouco para chegarmos à fase que vi no filme e que não conto pois é assustador mas... é absolutamente realizável face ao que estamos a viver.

Voltarei para ver mais vídeos

Abraço
Brown Eyes disse…
Tite a ficção conseguiu prever o futuro. Não vi o filme. O futuro trará muitos dissabores ao ser humano já que à medida que o tempo passa ele está a ser tratado como um objecto, não como humano que é.
Beijinhos
lunatiK disse…
Por mim podem-se todos lixar com um F bem grande...
O ser humano vencerá sempre esta gentalha "iluminada".
Bj
Brown Eyes disse…
lunatik esperemos que sim.
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…

Carnaval de Vermes