Avançar para o conteúdo principal

Dois em Um



Numa sociedade capitalista de consumo os bens ultrapassam o seu valor de utilidade prática e passam a ter significado social, perdendo ciclo de vida. A concorrência obriga ao surgimento de novos modelos, cada vez mais sofisticados e a publicidade incute-nos a ideia de que são “esses” produtos que nos darão mais aceitação social. Tudo passou a ser descartável, até as pessoas, talvez seja esse o factor que leva muita gente a aderir às redes sociais, anexando desconhecidos como amigos, exageradamente, pensando que isso lhes dará alguma importância social ou lhes iluminará a vida.  Lá não só é possível acrescentar amigos como, com a mesma facilidade elimina-los e, quando isso acontece, quando são eliminados caem numa profunda agonia, caem na realidade mas, depressa a esquecem, com o surgimento de uma nova personagem. Tudo parece fácil nesses meios, até ter uma horta, mas é lá que, muitas vezes, as dificuldades e os problemas se agigantam. Se não é fácil viver no mundo real onde podemos encarar a verdade, olhos nos olhos, imaginem como seria viverem nele de olhos vendados? É assim que vive quem frequenta essas redes e as usa como elo de união com a felicidade ou como maneira de obter o que necessita para se sentir amado.
Há muita gente a sofrer de solidão, deprimida e infeliz mas não será assim que, neste tipo de sociedade, consegue obter o que necessita, pelo contrário.  Saber o que somos, saber dizer não cara a cara, saber valorizar-nos e valorizar o que temos, ajudar-nos-á a fugir das redes em que esta sociedade nos tenta aprisionar. Aí sim seremos felizes.
Nunca escondi o meu repúdio por elas e até fiquei estupefacta quando soube que, tanto o Presidente da República deste País como o Primeiro Ministro, tinham “página” no Facebook, que utilizam para mandarem mensagens ao povo, como se estas redes fossem algum meio de comunicação oficial, como se todos tivessem internet, como se todos soubessem ler ou, ainda, todos tivessem perfil. Eu não tenho, nunca terei e deixo aqui estes avisos para quem tem. Todos sabemos que a internet pode ser muito perigosa, já ouvimos isto milhares de vezes, como ouvimos milhares de vezes o ditado “Zangam-se as comadre sabem-se as verdades”. Se é assim com as amigas ou amigos que conhecemos pessoalmente,  imaginem como será com os virtuais ou, ainda, o que poderá acontecer quando alguém se lembre de procurar por lá dados para obter lucro fácil. Tudo isto é possível, tão possível como mesmo depois de resolvermos safar o nosso perfil os nossos dados continuarem bem vivos. Não encolham a pouca liberdade que têm, nem diminuam a vossa privacidade. Elas não têm preço e não há inovação tecnológica que valha a sua perca.
Lembrem-se que o Facebook, como todas as redes sociais, são utilizados para vasculhar a vossa vida privada, podendo servir como prova para investigação ou como meio de chantagem. Prever o futuro pode ser impossível mas precaver é possível. As ondas são perigosas mesmo para quem sabe nadar imaginem para quem nem mergulhar sabe? 
Brown Eyes

Comentários

pinguim disse…
Tens razão. Eu tenho uma conta lá, perfeitamente "residual",mas já deu para perceber que há pessoas que contam ali tudo o que fazem na vida, por vezes em pequenas postagens perfeitamente ridículas...
Pedrasnuas disse…
Estou no dito cujo...conheci pessoas simpáticas...alegres e bem dispostas, não sou dependente...admito que pode tornar-se um vício ...tal como o blogue...é a mesma coisa...Não tenho dados pessoais, além do email ...nem idade...nem profissão...o que deixo no blogue , deixo lá...é um lugar onde posso partilhar as experiências que vou fazendo...apenas isso, comento o que vejo ser interessante...até agora não vi inconvenientes...pelo menos até agora...e se existem postagens ridículas...são tão ridículas como certos blogues que visito(com o devido respeito)... e tal como há blogues familiares em que as pessoas mostram tudo , expõem-se, etc ,lá é igual...Não frequento o chat...se quiserem eliminar o meu perfil, à vontade...tal como aqui ...já dei com blogues em que não posso entrar...portanto...se eu não me sentir bem ,faço o mesmo...elimino...Já conheci algumas pessoas cara a cara...umas ficam ,outras não...gostei, tal como no quotidiano...Antes pensava como tu...e tens as tuas razões ...em parte concordo...um dia entrei...observei...gostei e fiquei...até quando ? Não sei...Beijinhos e boa noite!!!
Brown Eyes disse…
pinguim o problema é como poderá ser utilizado o que eles lá colocam.Eu ficaria preocupada com o facto de nunca poderem ser apagados os meus dados, nem cancelando a conta. Sempre achei a privacidade muito importante e talvez por isso tenha achado sempre estes sites perigosos.
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Pedras sê bem vinda. Todos nós temos maneiras de pensar diferente mas às vezes entramos em coisas que não sabemos o perigo e daí surgir este post. Serve para alertar as pessoas. Não me lembro de ter falado em "postagens ridículas" até porque eu apenas vi as que têm sido publicadas nos jornais, que surgem depois de alguma desgraça. Cada um coloca lá o que lhe apetece e claro que se sujeita às consequências. Comparar blogues com redes sociais parece-me um erro mas, claro, se achas que é a mesma coisa....Eu não acho e por isso tenho blogues. Dizes que comentas blogues ridículos, eu não. Presentemente nem tempo tenho para visitar os blogues que me agradam e me trazem uma mais valia. Sempre fui selectiva e como tal não entro em ondas nem em modas até porque o tempo para mim vale ouro e estar a perde-lo com blogues desse tipo...
Pedras deves saber tanto quanto eu o quanto podem ser prejudiciais essas redes, principalmente para pessoas com pouco poder de decisão e facilmente manipuladas. Enfim, o aviso fica e quem lá está pode pelo menos ter mais cuidado com o que diz porque eliminar-se parece impossível.
Beijinhos
Pedrasnuas disse…
Olá Mary...eu sou visitada por pessoas com blogues interessantes e outros menos interessantes...é natural...não disse que comentava...quando vou visitar por curiosidade ...agradeço e ponto final..." As postagens ridículas" não foi a respeito de nada que tivesses mencionado.

Mary, o problema da Internet está ligado às pessoas mais vulneráveis ...às crianças, aos jovens...que são presas fáceis dos pedófilos ...e ao tempo que ficam ali sozinhas...entregues a si mesmas...
Mary, há pessoas no face que eu não sei quem são...não têm dados nenhuns...coloca quem quer, percebes? A devassa da vida privada acontece porque as pessoas colocam fotos suas...mas se quiserem apagar, apagam-nas!!!
Não é bem assim...não se pode apagar o que se escreve?! Pode-se apagar comentários...os dados é que não...a conta...
Acho que já conheces um pouco de mim para perceberes que não perco tempo em vão...certo? Fica bem e beijinhos
Brown Eyes disse…
Pedras por pensar que te conheço é que fiquei um bocado admirada com o que percebi pelo teu comentário mas...Afinal não comentas, nem perdes tempo com blogues com pouco conteúdo. O problema Pedras é que pensas que apagas comentários mas fica tudo registado e nada é apagado. O utilizador pensa que apaga mas continua tudo lá. Pelo vídeo fiquei a saber que há um formulário online que te permite pedires os teus dados pessoais ao facebook e aí eles enviam-te um CD no qual vais verificar que nada do que apagaste foi eliminado. Os dados estão divididos em categorias e está lá tudo do que aconteceu durante a tua estadia no facebook. Vê este vídeo
FACEBOOK ENVIA SEUS DADOS PESSOAIS PARA A CIA
http://youtu.be/0q9H5OqIZ3k
Isto é grave, não?
Beijinhos
Pedrasnuas disse…
Fui ver e não gostei nada !!!Coloquei lá no face para saber o que pensam as outras pessoas...fiquei atordoada!!!
Obrigada pela partilha.

Beijinhos
Brown Eyes disse…
Pedras atordoa mesmo. No You Tube encontras mais vídeos sobre o assunto. Nós já sabíamos que hoje a segurança é reduzida, que somos vigiados várias vezes ao dia mas tanto....Beijinhos
Fê-blue bird disse…
Minha amiga:
À tempos a minha filha dizia-me, e ela percebe muito mais do que eu destas coisas, que tudo o que aqui escrevemos, quer seja nos blogues, facebook, ou mesmo nas pesquisas que fazemos, fica registado e pode ser utilizado pela Google ou por qualquer outra entidade informática e não só.
Temos que ter consciência que estamos a ser vigiados, e que brevemente esta arma poderosa vai ser utilizada contra nós.
Eu gosto de estar aqui na blogosfera, tenho aqui amizades que são muito importantes para mim, como é o teu caso, já o facebook não me diz quase nada.
Mas concordo que para as crianças, jovens e pessoas mais vulneráveis tem os seus perigos.
A guerra informática já começou vê o caso da "ACTA" que publiquei no meu blogue.
Este tema é muito importante e temos que o levar bem a sério.


beijinhos
Brown Eyes disse…
Fê o que disseste sobre o Google já me tinha passado pela cabeça mas não tenho a certeza se será tão grave. Acho a blogsfera diferente no entanto acho que as pessoas devem ter cuidado quando colocam aqui fotos pessoais ou dão informações pessoas. Não é por acaso que não coloquei aqui o meu nome, fotos, etc. Há que preservarmos a nossa identidade. Aqui as pessoas são amigas pelas ideias, não pelo interesse e tal como tu também encontrei aqui pessoas que me cativaram. tu és uma delas, claro, porque têm muito valor, algumas mais que eu. Sou apenas uma mulher mas há por aqui Grandes Seres Humanos. Beijinhos
Fê-blue bird disse…
Acredita amiga é mesmo assim grave, basta ler as letras miudinhas quando aderimos ao gmail.
Eles podem usar tudo o que aqui colocamos, só que há tanta informação que nós somos mais um micróbio.
Mas sinceramente há tanta coisa para nos preocuparmos que isto acaba por ser quase irrelevante.

beijinhos
Brown Eyes disse…
Fê o engraçado, sem graça nenhuma, é que as coisas que nos preocupam estão ligadas a esta. Tudo está interligado para mim, tudo. Que grande máfia que apenas pretende uma coisa: aniquilar a parte humana deste mundo. Beijinhos
Fernanda disse…
Li a correr.
Volto amiga. Agora preciso descansar, estou adoentada (fruta da época) ...

Beijo meu
Fernanda disse…
Tinha uma ideia, amiga, mas nada como o que aqui me foi revelado.
assustador! no mínimo.

Já partilhei no FaceBook de onde vou sair pela segunda vez, e desta vez, de vez!!!
Sei que os registos são indestrutíveis, mas mais não recolherão.

Obrigada
Beijo

Eli disse…
Olá!

Fiquei a pensar. Não sabia que as mensagens (e tudo o mais) ficavam registadas... e sei que me vou lembrar disto por algum tempo. Eu evito divulgar informação, mas... acabamos sempre por fazê-lo de uma forma ou de outra.

Sei que não disse nada demais, mas acredita que fico mesmo a pensar, como disse.

:)
Brown Eyes disse…
Ná espero que estejas melhor. Também não sabia apesar de nunca me terem agradado redes mas, não sabia o quanto poderiam ser graves
Beijinhos
Brown Eyes disse…
Eli procura ser mais reservada no futuro. Há muitos vídeos no You tube, arrepiam. Beijinhos
Su disse…
Acerca deste tema, e sendo eu uma Consultora Informática, devo dizer que concordo em parte e discordo noutra tanta.
Isto é, como em tudo nada vida, usar algo como o Facebook deve obrigatoriamente implicar muito bom senso e bastante reserva. O Facebook não é apenas o bicho papão que tanto se apregoa, tem o seu lado muito positivo. A questão passa sim por aquilo que cada um de nós decide fazer nessa mesma rede social. À semelhança de um email ou de um blog.
Compreendo perfeitamente o que queres dizer com o teu texto e concordo que, na realidade, a grande maioria das pessoas usa indevidamente o Facebook. Mas a resolução do problema a meu ver não passa pelo extreminio do mesmo, mas antes por uma maior informação e formação que permita munir as pessoas do conhecimento necessário acerca do que "é" e "não é".
Um grande beijinho e continua com os excelentes temas para discussão :D
Brown Eyes disse…
Su obrigada pela visita e pelas informações preciosas. Afinal a opinião de uma expert em informática ajuda muito. Se todos nós estivéssemos informados de tudo aquilo a que estamos sujeitos neste mundo podíamos optar tendo em conta os prós e os contras. Assim vamos na onda à espera que não haja ratoeiras, nem surpresas. Beijinhos
Olá,

Concordo com o que dizes!
Escrevo o que tu sabes que escrevo.
Gosto de escrever!

Mas reconheço os perigos que existem e não deixo de dizer
¨tens toda a razão¨.

Se o mundo real é complicado,
se a família, por vezes, nos atraiçoa,
se os amigos que conhecemos ou pensamos conhecer, são tantas vezes inimigos,
se tudo é tão adverso - que dizer
de um mundo onde as pessoas se
desconhecem e se dizem amigas e
de repente desaparecem e se deixa de saber delas-é um mundo que não interessa!

Escrevo e tudo quanto escrevo está publicado e fujo cada vez mais aos
apegos e em especial ao virtual de que não gosto e odeio dizer isto, mas é verdade!

Ando por cá,
escrevo o que gosto,
mas sei que todos usam a máscara
e alguns são muito estranhos e o mesmo podem pensar de mim...
Faço parte de um mundo que desconheço e gostava de me afastar para sempre e nunca mais o encontrar.

E não o faço e não sei explicar porque não o faço! Não sei!...

Faço parte do mundo
das coisas do mundo
das mentiras e da miséria desse mundo.

Mas o que dizes é verdade!Eu sei que é verdade!

Um abraço e alerta sempre,
os iludidos e as grandes amizades
e a cumplicidade da nossa ignorância.

Maria Luísa Adães
Brown Eyes disse…
Maria Luísa o que aqui deixas escrito também é verdade mas felizmente há excepções. Na blogsfera consegues encontrar pessoas que te enchem de carinho e conhecimento. Obrigada por este teu comentário. Beijinhos
otempoquehadevir disse…
Olá Lindos Olhos... Agora que já estou a assentar lá na nova casa lembrei-me que os meus olhos nunca mais tinham visto os teus... e fui investigar... e vi que tinha falhado gravemente pois ainda não tinha o teu espaço na minha lista de seguimentos. Agora que já corrigi o erro passei por aqui para dizer OLÁ LINDA...

E aproveito para cumprimentar todos os Facebookers pois agora que a Corporação está em Wall Street escusam de se vir queixar da ganância eheheh... Espera lá... sempre podem criar um conta no Face a pedir para a malta não comprar acções!

Bjhs
Brown Eyes disse…
otempoquehadevir andaste a fazer mudanças lá em casa? Pois, os blogs que seguimos desaparecem. Tenho que ir visitar-te para ver essas mudanças. Precisava de fazer aqui o mesmo mas falta-me tempo, não há lá demais?
Mz disse…
Brown Eyes,
a mim, neste mundo virtual, quem mais me preocupa são as crianças e os adolescentes. Nós que estamos a ser vigiados, por esta ferramenta fantástica é um facto. Na realidade, hoje a nossa privacidade já quase não existe... cruzamento de dados... Ainda bem que eu não aspiro ser Presidente da República ;)

Bjnhs
Brown Eyes disse…
MZ sempre detestei ser vigiada, liberdade limitada provocava em mim uma vontade enorme de me rebelar. Nunca imaginei não poder fazer nada pela minha liberdade. Não posso, afinal quem se preocupa com a perca dela? Muita gente nem se apercebe do que se está a passar e outra pensa que é um mal dos tempos modernos. Enfim....Tenho saudades do tempo em que as pessoas viviam em liberdade.
Beijinhos
Vivian disse…
Olá,Brown!!

Nossa!Não sabia de tudo isso!É assustador!!!!
Eu tenho,mas só utilizo para colocar o link do blog, não costumo colocar muitas informações pessoais!Mas vou pensar mais seriamente no assunto!
Obrigada por partilha!!
*Desculpe a demora!Tive alguns contratempo!Beijos pra ti!!!
Johnny disse…
Falavam ali atrás de bom senso e eu concordo. Nada no Facebook ou em qualquer outra actividade que façamos está livre de atentados contra a privacidade. Os dados que publicamos lá, são os mesmo que publicamos nos blogues, ou num boletim de totoloto ou inscrição para a biblioteca. antes de mais, penso que estes avisos servirão mais para as crianças, como forma de terem cuidado com o que dizem por lá e publicam.
José Caldeira disse…
Brown Eyes
Bem avisado e que te avisa teu amigo é.
Beijinhos
Caldeira
Brown Eyes disse…
Vivian não te preocupes com a demora, sou perita nisso. è impossível chegar a todo o lado e todos admitimos que há coisas mais importantes na nossa vida e inadiáveis. Beijinhos
Brown Eyes disse…
Johnny há tantas crianças adultas. Imensas. Afinal, como alguém comentava num jornal diário online sobre a privacidade no facebook, hoje, quem quer privacidade não entra para lá. Quem lá está quer expor-se.
Beijinhos
Ana Domingos disse…
Já tive e eliminei. E não voltarei a ter. Para além do problema da privacidade, o facebook utiliza carvão como fonte de energia, o que é extremamente poluente.
Brown Eyes disse…
Ana mais uma informação sobre o facebook que eu não sabia. Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Fotoshop, para quê? Continuas Feia por Dentro!

Em primeiro lugar, vou pedir desculpa a quem costuma passar por aqui. Quem o faz sabe que há atitudes que me revoltam e que por isso...Vou desabafar. Tenho andado super, super indignada com certas publicações no facebook de uma pessoa que conheci há muitos anos, tantos que até já me esqueci. Trago essa pessoa atravessada porque foi e é, não acredito em milagres, a pessoa mais ordinária que conheci e que, infelizmente, tive que lidar de muito, muito perto. Há um tempo atrás descobri uma página dela no facebook (se cometer algum erro  não se admirem, sou uma dessas excepções que nada percebe sobre o facebook) e daí para a frente as publicações e até as páginas (os nomes também vão mudando) têm mudado (faz-me lembrar aquelas pessoas que passam a vida a mudar de número de telemóvel, sempre que querem fugir de alguém mudam de número de telemóvel). Muda tudo mas, a frase de apresentação vai mantendo o mesmo sentido, mais coisa menos coisa, a última é:
Sou amante do Universo, da paz, do conh…

Carnaval de Vermes