Avançar para o conteúdo principal

O meu Pai Natal


O Brown, que se vestiu, desde que nasceu, no princípio do mês de Agosto, de Pai Natal, tendo-me dado, ao longo destes meses,  toda a felicidade que dele dependia.

Para Fábrica de Letras. Tema do mês: O Natal

Brown Eyes

Comentários

Pedrasnuas disse…
E QUE PAI NATAL...MUITO SÉRIO!!!

DÁ CÁ A PATINHA PARA TE CUMPRIMENTAR...

BEIJINHO E OBRIGADA
Brown Eyes disse…
Tem um ar muito sério mesmo. Sempre atento ao que estamos a dizer. Por ser tão atento me tem feito tão feliz, nada o distrai.
Manda-te um beijinho grande.
Gingerbread Girl disse…
Tão giro, o cão!! =D

Olha que tem um ar sábio...

bjinhos*
Brown Eyes disse…
E não é que é? Nunca lhe ensinei nada e ele sabe pedir tudo o que quer. Quanto a limpeza nem imaginas!!!Conhece tudo o que é dele. Bem o animal é um espectáculo e por isso está aqui, merece um miminho meu, já que ele me tem dado tantos. É um dos catraios da Loirinha, lembras-te? Ficou lá em casa. Cativou-nos ainda bebé.
Obrigada Ginger
Beijinhos
Mais uma imagem magnifica tua!!!!! É tão fofinho... adorei... beijocas querida...
Brown Eyes disse…
Bela Quem não gostaria de ter um Pai Natal assim? Que nos mima todos os dias? E fiel?
Beijinhos
MZ disse…
É um Cão-Natal muito fofinho sem dúvida!!!...

Agora diz-me uma coisa, Brown... e aquela abóbora lá ao fundo, é para os doces de natal, é?

festinhas... festinhas...
Brown Eyes disse…
MZ hum...perspicaz!!!Podia ser mas, não acredito. Este ano nem doce de abóbora. O ano passado não consegui comer o doce todo. Ando pouco gulosa. ahahahah
Obrigada
Beijinhos
pinguim disse…
Os animais domésticos são verdadeiramente amigos e têm uma qualidade admirável: não sabem o que é a hipocrisia...
Brown Eyes disse…
pinguim e são fieis, tenhas tu as possibilidades económicas que tiveres.
Obrigada por mais um comentário.
meldevespas disse…
Ohhhh Mary, que coisa mais doce!!!!
É muito parecido com ao Cartuxo da minha mana eheh, é um braco não é?
É tão lindo que esse sim, dá vontade de comer à colher!
Beijinhos e Boas Festas
Brown Eyes disse…
Mel é mesmo um miminho doce. Não é um Braco,origem alemã, é um Spaniel Breton, origem Bretanha. São muito parecidos, ambos são cães de caça mas o Spaniel tem o pelo macio e o Braco pelo duro. O braco é um cão que não é muito sociável e tem que ser, desde pequeno, integrado na familia senão...O Spaniel é precisamente o contrário, super dócil a tal ponto que mal lhe falas ele deita-se de barriga para o ar para lhe fazeres festas. Um docinho lindo que dá vontade de abraçar a cada segundo. E muito inteligente.
Beijinhos
Mulher a 1000/h disse…
Ai... QUE LINDO! Olha para mim a derreter toda... Que doce... dava-lhe umas coçadelas atrás das orelhas e umas festinhas na barbela e barriguinha... que coisinha mais fofa! :D
Brown Eyes disse…
Sílvia posso estar orgulhosa deste Pai Natal, não? Fico toda babadinha. Vão-se os filhotes mas o nosso carinho, a nossa predisposição para amar, de mãe, fica e então vamos distribuindo esse amor por quem nos rodeia. Os animais são aqueles que mais merecem e que nunca nos desiludem.
Beijinhos Linda.
Juana disse…
Olá Brown Eyes, nunca cnseguiria por um chapéu de pai natal à minha Branca(até nisso sai à dona, é teimosa), nem que a subornasse com mil passeios de carro. Obrigada pelos comentários no meu bloguito!
Brown Eyes disse…
O Brown lá vai deixando a dona emboneca-lo mas, ficou um bocadito torto. Não arrisquei a acender as luzes, tive medo de perder a oportunidade. O Brown está agora a aprender a andar de carro. Fica sossegadinho, na mesma posição que o deixo, até eu voltar. Mas isto é no carro, cá em casa é mais teimosito, principalmente quando se trata de comer, não liga a mais nada.
Joana adoro divagar pelo fábrica e conhecer todos os talentos que temos por lá. Foi um prazer visitar o teu blog e ler o teu post sobre o Natal. Voltarei logo que tenha oportunidade.
Beijinhos
Eli disse…
Como ele, o lugar do Natal é no coração...

:)
Brown Eyes disse…
Eli obrigada pelo teu comentário. O coração é que devia comandar tudo.
beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Laços de União

Um dia destes, numa conversa entre casais, alguém brincava com o facto de o  marido da "A" a trair (A "A" é doméstica) ao que ela respondeu:

- Desde que ele não me falte com dinheiro, nem a mim nem aos filhos.

Já ouvi esta frase milhares de vezes.

Que sentimentos existem nesta relação?
Que fará esta mulher no dia que o marido faltar com dinheiro em casa ou que decidir sair?
Como se chama o sentimento que liga este casal? Amor ou conveniência?

Cada cabeça sua sentença.

Carnaval de Vermes

Resistiré

...Cuando sienta miedo al silencio, cuando me cueste mantenerme de pie, cuando se revelan los recuerdos, y me pogan contra la pared,

Resistiré erguido frente a todo, me volveré de hierro para endurecer la piel, y  aunque los vientos de la vida soplen fuertes, soy como el junco que se dobla pero sigue en pié.
Resistiré...