Avançar para o conteúdo principal

Desejos Não São Direitos

Sabias?

   




Comentários

✿ chica disse…
Gosto muito dele e os seus textos são bem aproveitáveis! bjs, chica
"Um amor que aceita tudo é leviano"

E corremos o risco de andar de braço dado com a leviandade só porque não temos a coragem de dizer

"leve esse miúdo para casa"
Mary Brown disse…
Chica tantas vezes que tenho pensado em ti! Um dia destes mando-te um e-mail para falar um bocadinho contigo.
Adoro ouvi-lo falar. Pena que haja pouca gente tão inteligente e tantos que se julgam os mais espertos.
Beijinhos
Mary Brown disse…
Rogério nunca devemos deixar que roubem os nossos direitos, nem por amor. Educar uma criança é saber ensinar-lhe as bases para que viva em sociedade, sabendo que os seus desejos não são direitos. Todos temos direitos e desejos insatisfeitos porque os nossos desejos não podem, nunca, perturbar os direitos dos outros.
Hoje a lei dá direitos às crianças e tira-os aos adultos. Parece que, nesta sociedade, os únicos que não têm direitos são os que acatam as regras que existem na sociedade. Os que deviam dar os bons exemplos, pela posição que ocupam na sociedade, são os que dão os maus exemplos.
Existe a ideia que não há punição para o que transgride portanto, cada vez há mais transgressores. O que dá menos trabalho? Seguir quem transgride porque assim consegue-se satisfazer todos os desejos.
Este vídeo dava pano para mangas.
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Ineptocracia

Num dia particularmente pesado, para mim e para milhares de cidadãos deste país, não podendo estar calada e com uma enorme vontade de perder o controle e dizer umas  "carvalhadas", decidi publicar este novo conceito que recebi há uns dias por e-mail:
Ineptocracia: "Sistema de governo onde os menos capazes de liderar, são eleitos pelos menos capazes de produzir e onde os membros da sociedade com menos chance de se sustentar, ou ser bem sucedidos, são recompensados com bens e serviços pagos pela riqueza confiscada, de um número cada vez menor de produtores." autor desconhecido
Que podemos esperar de uma ineptocracia?
O melhor é não responder porque não seria nada agradável de ler mas, posso garantir que, neste país, o glutão não come nódoas.

Brown Eyes

Carnaval de Vermes

Laços de União

Um dia destes, numa conversa entre casais, alguém brincava com o facto de o  marido da "A" a trair (A "A" é doméstica) ao que ela respondeu:

- Desde que ele não me falte com dinheiro, nem a mim nem aos filhos.

Já ouvi esta frase milhares de vezes.

Que sentimentos existem nesta relação?
Que fará esta mulher no dia que o marido faltar com dinheiro em casa ou que decidir sair?
Como se chama o sentimento que liga este casal? Amor ou conveniência?

Cada cabeça sua sentença.